quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Estrada Real: muitos caminhos para o passado


Minas Gerais é o típico estado brasileiro que emana história por todos os cantos. Morada de poetas, heróis, artistas e revolucionários, suas ladeiras, edificações, gastronomia e cultura são patrimônios da humanidade e destino ideal para quem desejam uma viagem ao passado em cores, formas, sabores e aromas. Para aqueles que buscam essa volta às origens do Brasil, tem na Estrada Real uma verdadeira máquina do Tempo.

A Estrada se refere aos caminhos trilhados pelos colonizadores desde a descoberta do ouro em Minas Gerais até o período de sua exaustão. São muitos os trechos que podem ser percorridos passando por 177 municípios, sendo 162 em Minas Gerais, oito no estado do Rio de Janeiro e sete no estado de São Paulo, distribuídos em três caminhos: o Caminho Velho, que foi a primeira via a ser oficializada, ligando Paraty (RJ) a Ouro Preto (MG); o Caminho Novo, aberto no final do século XVII, que liga a cidade do Rio de Janeiro (RJ) a Ouro Preto (MG) e o Caminho dos Diamantes, com a descoberta de diamantes em 1729, na região do Serro Frio, ligando Ouro Preto a Diamantina em Minas Gerais.

Ir por esses caminhos é desbravar e penetrar no interior num percurso de prazer e de fuga do cotidiano. A Estrada Real, antes era um lugar que o ouro habitava, hoje é uma preciosidade para o turismo. 

Por ser um destino favorecido com recursos naturais, especialmente água, tem atrações para o ecoturista, para amantes de cavalgadas e caminhadas, porém seu maior potencial está nos patrimônios Culturais. 

Em reconhecimento ao seu significado cultural e histórico altamente expressivo, três áreas de herança cultural foram inscritas na lista de Sítios de Patrimônio da Humanidade da Unesco, especialmente Ouro Preto (1980), Santuário do Bom Jesus em Congonhas (1985) e Diamantina (1999).

Sobre a New Line:

Com sede em Curitiba (PR), a New Line Operadora criada, em 1993, pelos empresários Paulo Finger e Dacir Addad, se caracterizou ao longo de sua história como uma referência em qualidade, credibilidade e diversidade em serviços turísticos.

O estilo empreendedor de Paulo Finger fez com que a operadora fosse precursora em alguns destinos internacionais. Atualmente, o embarque de brasileiros ao exterior responde pelo maior volume de clientes. Mas, a New Line atende também destinos nacionais, o público corporativo e incoming. Com mais de 160 profissionais, a empresa tem escritórios em São Paulo (SP), Florianópolis e Blumenau (SC), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE) e Manaus (AM).


Fonte : MAPA Comunicação Integrada / Rafael Serato - Executivo de Contas

Nenhum comentário:

Postar um comentário