quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Novo roteiro turístico em Alagoas destaca viagem feita por D Pedro II


Um grupo de jornalistas e agentes de turismo de vários estados do Brasil partiram de Piaçabuçu (AL) para a expedição "Caminhos do Imperador". Durante quatro dias eles percorreram o caminho feito pelo Imperador Pedro II ao longo do Rio São Francisco. Entre os integrantes da expedição está o bisneto da princesa Izabel e trineto de Dom Pedro II, Dom João Henrique de Orleans e Bragança.

A iniciativa foi coordenada pelo Arranjo Produtivo Local (APL) Caminhos do São Francisco, dentro de um projeto que visa estimular o fortalecimento do turismo histórico de forma sustentável em toda a região do Rio São Francisco. Ao todo, eles vão percorrer 1.476 quilômetros, de Piaçabuçu a Paulo Afonso, na Bahia.

Os turismólogos Ana Rogatto e Jairo Oliveira e a professora Lúcia Regueira são os idealizadores da expedição, coordenada pelo Governo do Estado, por meio das secretarias de Estado do Turismo, da Cultura e Comunicação Social, e do Sebrae em Alagoas.

A idéia surgiu em 2006, quando Jairo e outros dois turismólogos participavam do Salão de Turismo de São Paulo e perceberam a procura por roteiros que explorassem a história e as belezas do Rio São Francisco.

“Passamos três anos tentando elaborar um projeto e estudando a região para ver de que forma poderíamos dar visibilidade a ela. Foi quando identificamos a história da passagem de Dom Pedro II e resolvemos dar este foco histórico e cultural à região. Como este ano fazem 150 anos que D. Pedro II fez essa viagem, resolvemos comemorar e divulgar essa rota como meio de mobilização dos gestores da região a apoiar e vender esse roteiro”, disse Jairo.

Segundo ele, a proposta é que a rota ganhe mais visibilidade e que novos empreendimentos surjam a fim de desenvolver de forma sustentável o turismo naquela região. 

“Queremos colocar na prateleiras das operadoras de turismo de todo o Brasil este novo roteiro. E já na expedição a Ambiental, uma das mais importantes operadoras de ecoturismo do Brasil, participa como parceira comercial”, complementou o turismólogo.

O roteiro Caminhos do São Francisco abrange passeios exóticos e de forte apelo ecológico. Em Piaçabuçu, por exemplo, a 140 quilômetros de Maceió, é possível descer o Rio São Francisco de barco até seu encontro com o mar. A paisagem do roteiro fica ainda mais bonita com as várias espécies de aves e a área de preservação de tartarugas marinhas.

“Essa expedição será importante para a divulgação regional e nacional da região como destino turístico e como potencial em belezas naturais, históricas e culturais. Queremos formatar esse roteiro e melhorar a economia desses municípios”, destacou Marina Gatto, coordenadora do APL Caminhos do São Francisco pelo Sebrae/AL.

A expedição percorreu os municípios alagoanos de Piranhas, Delmiro Gouveia, Traipú, Pão de Açúcar, Piaçabuçu, Pene do e Porto Real do Colégio, além de Propriá (SE), Jatobá (PE) e Paulo Afonso (BA). 

Na passagem por esses lugares, os expedicionários serão recepcionados com almoços, jantares, show pirotécnico, apresentações musicais e manifestações culturais e folclóricas. Cada município que compõe o roteiro irá receber uma placa para marcar a passagem de Dom Pedro II.

O governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, o desembargador Washington Luis, a empresária Thereza Collor e senadores da República também deverão participar da expedição. O projeto conta, ainda, com a parceria da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), das prefeituras dos municípios envolvidos, das empresas Opara Turismo, Angicotours e Aeroturismo. Mais informações pelo (82) 4009-1626 / 8823-3973.


Fonte: Sebrae/AL

Nenhum comentário:

Postar um comentário