segunda-feira, 16 de julho de 2012

Inadimplência em alta






Há alguns meses houve redução nas taxas de juros dos bancos, dos automóveis e a oferta de crédito ficou mais atraente. Os brasileiros se sentiram mais motivados a comprar e o reflexo disso é a alta na inadimplência como aponta  uma pesquisa realizada pela Boa Vista Serviços, administradora do SCPC em junho de 2012 .

De acordo com a pesquisa, 27,0% dos entrevistados declaram que mais da metade da renda familiar mensal está comprometida com o pagamento de dívidas.Esse número era de 23,7% em março de 2012.  33,6% declaram que até 1/4 da renda está comprometida com o pagamento de dívidas e 39,4% declara ter entre ¼ e metade da renda familiar comprometida.

Quando perguntados sobre o nível de endividamento e o comprometimento da renda das famílias com o pagamento de dívidas, 25,4% dos consumidores inadimplentes se declaram muito endividados, 30,8% acreditam estar mais ou menos endividados e 32,2% se declaram pouco endividados. Em março de 2012 eram menos consumidores muito endividados (22,2%).

Pensando nisso os consultores financeiros do programa Consumidor Consciente, da MasterCard, Ricardo Pereira e Conrado Navarro estão dando dicas de como as pessoas devem agir e se planejar para evitar as dívidas ou então, com sair delas.

Abaixo seguem algumas dicas de como as pessoas podem se livrar das dívidas:

1.      Faça o levantamento das dívidas, anote tudo: valores, parcelas, prazos de pagamento, nomes em possíveis negociações etc;

2.      Após o levantamento, busque um contato direto com os credores e renegocie as dívidas;

3.      Quite as contas com juros maiores, como cartão de crédito, e de serviços essenciais, como água, luz, aluguel, condomínio etc;

4.      Evite entrar no cheque especial e pagar o mínimo do cartão, pois essas dívidas possuem juros altos;

5.      Consuma com planejamento e consciência, respeite seu dinheiro e valorize suas conquistas.



Sobre o Consumidor Consciente:

O Consumidor Consciente é o programa educacional para consumidores da MasterCard da América Latina e do Caribe. Trata-se de uma plataforma educacional robusta, que oferece ferramentas amigáveis para ajudar o consumidor a entender os princípios de finanças pessoais, desenvolver hábitos de consumo responsáveis e aprender como melhor administrar suas finanças pessoais. Com presença no Brasil, México, Costa Rica, República Dominicana, Porto Rico e toda a região da América Latina e Caribe, por meio dos recursos e ferramentas on-line e off-line, o programa oferece orientação financeira para portadores de cartões e consumidores de todas as idades.


Visite o Consumidor Consciente em www.consumidorconsciente.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário