quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Férias: 10 dicas infalíveis para uma viagem inesquecível e sem sustos





Fim de ano se aproximando, verão, clima de Natal e férias. Se você ainda não fez a sua programação, sabia que ainda dá tempo de reservar o destino de toda a família no período de recesso sem, necessariamente, pagar preços altos?

Para vivenciar uma viagem inesquecível, sem sustos e imprevistos, Andréa Nakane, coordenadora do curso de Turismo da Anhembi Morumbi, integrante da rede internacional de universidades Laureate, preparou uma lista com 10 dicas úteis para ajudar o viajante.
“Uma viagem de sucesso se resume em uma palavra: planejamento. Ainda é possível organizar as férias e festas de fim de ano sem aborrecimentos, economizando dinheiro e aproveitando o melhor dos dias de folga com muita tranquilidade”, resume Andréa.


Confira 10 dicas para férias de fim de ano:


1º – Reservas

A renda do brasileiro aumentou e, com ela, a procura por viagens no período de férias cresceu também. Portanto é preciso “correr” para encontrar passagens de avião ou ônibus e reservar hotéis nessa época. Os pacotes tendem a se tornar mais caros com a proximidade do final do ano. Uma opção é tentar negociar, quando possível, o pagamento à vista e garantir um desconto diretamente na agência de turismo.



2º - Escolha do roteiro

Depois de decidir o destino, é fundamental pesquisar na internet os hotéis e atrações da região e seus respectivos preços. É interessante também se informar com quem já utilizou os serviços. Isso será decisivo na escolha do lugar ideal.



3º – Finanças

É preciso ter em mente que além do hotel, as passagens de ida e volta, alimentação e lembrancinhas precisam estar no orçamento. Assim como também é prudente contratar um seguro de viagens para ocorrências imprevistas, como atendimento médico, odontológico, assalto, entre outras. Deixar as contas que vencerão no período da viagem em débito automático para evitar atrasos e preocupações é outra dica que pode evitar surpresas desagradáveis no retorno das férias.



4º - Viagem para o exterior

Quem vai para fora do País deve verificar a validade dos passaportes, vistos e autorização para crianças. Também é fundamental pesquisar em mais de uma casa de câmbio as taxas. Verifique também se é preciso tomar alguma vacina, como a de febre amarela.



5º - Pet

Nem todo hotel ou pousada aceita animais de estimação. Por isso, é muito importante reservar hotéis especializados ou contar com amigos ou parentes para cuidarem dos bichinhos na sua ausência. Afinal, eles também fazem parte da família.



6º - Organização das malas

Dependendo da sua necessidade, decida-se sobre mala de rodinhas, de mão ou apenas uma mochila. Faça uma lista para não esquecer nada, nem levar itens a mais, que só vão ocupar espaço. Não esqueça: na mala de mão carregue passaporte, documentos, cartões de crédito, dinheiro, seguro de vida e de saúde, além de itens de higiene e uma muda de roupa, para o caso de a bagagem extraviar.



7º - Clima

Confira como estará o clima na cidade a ser visitada nos dias de passeio. Porém, não deixe de levar roupas para calor ou frio. Evite imprevistos e gastos extras com vestuário.



8º - Segurança da casa

No período de férias aumenta a incidência de assaltos a residências, por isso antes de viajar informe sobre sua ausência a um vizinho e procure manter contato com ele durante a viagem. Peça ainda que alguém recolha sua correspondência e não deixe que as luzes fiquem acesas durante o dia.



9º - Alimentação e transporte

Para todos os roteiros (nacionais e internacionais), o transporte e a alimentação são os itens que mais pesam nas despesas com viagens das famílias brasileiras, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A participação média das duas variáveis no conjunto de gastos é de 48,7% e de 22,6%, respectivamente. Portanto, é preciso se planejar e ter controle para não estourar o orçamento. Contudo, a experiência gastronômica é uma das vivências mais interessantes das viagens. Portanto, não perca a oportunidade de conhecer e degustar pratos locais, mas atenção às condições de higiene do local.



10º - Guia de bolso

Apesar das facilidades de busca na internet, carregue durante toda a viagem um bom guia impresso com o mapa da cidade, além de indicações de passeios, pontos turísticos, restaurantes, estações de metrô, hospitais, endereços e telefones úteis em geral. No mais, desejo boa viagem!





Enviado por : 
Angela Pagliacci

Nenhum comentário:

Postar um comentário