quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Iluminação de Natal requer segurança e produtos de boa qualidade





Chegam o Natal, as festas de final de ano e a hora de enfeitar as casas, jardins, lojas... 

Criar uma iluminação especial faz toda a diferença na hora de tornar o ambiente mais bonito e festivo. Mas o sucesso da decoração exige algo ainda mais importante: segurança. Para isso, a Avant - empresa especializada no desenvolvimento de soluções para iluminação – dá algumas dicas essenciais para evitar choques, curtos-circuitos ou mesmo incêndio. 

O mercado oferece diversas opções de produtos para iluminação decorativa, mas, antes de tudo, é preciso escolher uma marca de qualidade. O diretor comercial da Avant, Gilberto Grosso, chama a atenção para a compra de enfeites e demais produtos aprovados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), uma garantia de bom funcionamento desses itens.

“Cordões luminosos natalinos são um exemplo típico de ameaça invisível: populares e disponíveis em todo tipo de mercado a preços irrisórios, a grande maioria não possui certificação ou uma marca de qualidade que garantam que a fiação é composta de cobre, condutor natural da eletricidade. O mesmo é substituído por fio de alumínio, elemento mais barato, pobre condutor de energia elétrica e que superaquece com facilidade, gerando o derretimento da capa do fio e ocasionando curto-circuito”, afirma Gilberto Grosso.

Por este e outros motivos, projetos decorativos maiores e mais complexos exigem auxílio de um profissional habilitado, que poderá dimensionar corretamente os condutores e as cargas necessárias para a iluminação. Os mais simples podem ser executados pelo consumidor, desde que se atente para alguns detalhes:

· não coloque enfeites de papel, papelão ou plástico em contato ou muito próximo às lâmpadas;

· árvores ou enfeites energizados devem ficar afastados de cortinas, tapetes ou sofás, e as lâmpadas dos enfeites não devem ser instaladas sobre estruturas metálicas, que conduzem energia e podem causar acidentes;

· isole corretamente as emendas dos condutores com fita isolante certificada, nunca com fita crepe ou fita adesiva de uso geral, e evite que os produtos ou isolações elétricas tenham contato com umidade e água;

· evite o uso de adaptadores tipo benjamim, que podem sobrecarregar as tomadas e causar danos elétricos;

· alterações ou manutenções devem ser realizadas quando as fitas e mangueiras estiverem desconectadas da eletricidade;

· crianças e animais devem ficar longe do alcance das fiações; e antes de dormir ou sempre que sair de casa, desligue as decorações de Natal.


Produtos adequados 
Grosso ressalta, entretanto, que nem todos os produtos para iluminação são recomendados para decoração natalina, seja pela pouca versatilidade, pelo alto consumo energético e pelo risco de causar acidentes, especialmente em crianças que se encantam com a decoração.

Seja para ambientes externos e internos, a Avant dispõe de uma extensa linha de produtos, entre os quais alguns são especialmente indicados para decorações natalinas: a Fita Flex LED Interna e a Fita Flex LED Externa e as Mangueiras Luminosas, que são fáceis de instalar, versáteis, seguras e permitem a composição de diversos ambientes, com baixo consumo de energia.

As Fitas Flex LED estão disponíveis em 31 modelos de cor, três opções de tensão e com ou sem RGB – sistema de alternância das cores. Contam com alta luminosidade graças à emissão de luz uniforme e constante e alimentação de energia elétrica sem variação e ausência de irradiação direta de calor. De fácil fixação, por meio da fita dupla face fixada na parte inferior, o produto valoriza a iluminação decorativa e tem durabilidade estimada em 30 mil horas.

A Mangueira Luminosa LED possui cobertura de PVC e pode ornamentar postes e árvores. O cabo de força especial para mangueira LED funciona diretamente nas tensões de 127V ou 220V. É comercializada em rolos de 50 metros, com diâmetro de 13mm e possui 36 LEDs por metro. Está disponível nas cores branca, vermelha, azul, verde e âmbar. Não sofre a irradiação direta de calor e sua durabilidade é de até 100 mil horas.



Enviado por : Sheila Diez








Nenhum comentário:

Postar um comentário