quinta-feira, 18 de abril de 2013

Dez dicas para aproveitar melhor os programas de fidelidade



Quem não quer viajar de graça? E ter um Ipad de última geração sem pagar nada?
A fidelidade pode ser o caminho, basta saber aproveitá-la.
 Os programas de fidelidade já são uma realidade no Brasil. Com a popularização das passagens aéreas e o aumento do consumo no país, cada vez mais pessoas estão acumulando pontos, sempre de olho nas recompensas futuras. Na Multiplus, maior rede de empresas e programas de fidelização do Brasil, mensalmente são feitos mais de 400 mil resgates. 

Por outro lado, é notório que ainda existe uma grande fatia da população que desconhece o potencial desse mercado. Um exemplo claro está no tão desejado segmento de aviação: somente 23% dos brasileiros estão cadastrados nos programas de fidelidade das duas principais companhias do país (Pesquisa Nacional de Cartões realizada pelo Instituto Medida Certa, em parceria com a CardMonitor.”).

Para o consumidor, a fidelização pode garantir um enorme benefício, desde que se tenha consciência disso. “Ninguém gosta de jogar dinheiro fora. Porém, é isso que muitos brasileiros fazem ao não usar os pontos acumulados”, diz Eduardo Gouveia, presidente da Multiplus.

O executivo ressalta que nem sempre é preciso viajar de avião para conseguir um bom saldo de pontos. Hoje em dia é possível acumular ao abastecer o carro, utilizar o celular, pagar com o cartão de crédito, comprar livros, eletrodomésticos, roupas, cursos e etc. Mas é preciso atenção para aproveitar melhor os pontos que ficam espalhados por aí. 


O ideal é fazer um bom planejamento para trocá-los pelo produto ou serviço desejado. Se você ainda não aproveita essas vantagens vale a pena fazer uma pesquisa para descobrir se já possui algum saldo disponível nos diversos programas de fidelização existentes (do seu cartão de crédito, por exemplo). Então talvez essa seja a hora de começar! 

Para isso, a Multiplus preparou dez dicas superúteis na hora de acumular e resgatar pontos: 

1. A primeira recomendação é descobrir onde é possível acumular pontos, ou seja, quais empresas têm programas de fidelidade. Vários segmentos do dia a dia já aderiram: farmácias, postos de gasolina, escolas de idiomas, lojas de vestuário e etc.

2. Concentre suas compras em empresas que tenham programas de fidelidade. Cada uma delas possui um regulamento específico. Consulte periodicamente as regras para acúmulo e resgate de pontos. É muito importante conhecer bem os benefícios oferecidos para melhor aproveitá-los.

3. Compare as mecânicas de pontuação, bem como as regras de cada programa: pontuação mínima para resgate, prazo de validade dos pontos, relação do valor gasto com a quantidade de pontos acumulada, etc.

4. Participe de uma rede que reúna pontos de varias empresas em uma única conta, assim você acumula mais em menos tempo. Ao concentrar todos os pontos, é possível conquistar prêmios de maior valor. As redes possuem inúmeras opções, como passagens aéreas, hospedagens, experiências, produtos eletrônicos, assinatura de TV, entre outros. Sempre haverá algum prêmio do seu interesse.

5. Peça sempre ao atendente do estabelecimento que credite os seus pontos na hora da compra. Confira se todas as pontuações foram creditadas.

6. Consulte sempre o prazo de validade dos pontos, para não deixar que expirem.

7. Cartão de Crédito: em quase todos é possível ganhar pontos. Confira seu saldo na fatura do cartão mensalmente, para saber quantos pontos têm à disposição. Quase todos os bancos brasileiros são conectados à Multiplus, por exemplo. Não deixe de transferir os pontos do cartão para a rede.

8. Faça todas as compras (da farmácia à viagem internacional) com o cartão de crédito. Assim você pontua duas vezes: pelo estabelecimento e pelo cartão de crédito.

9. Transfira outras contas rotineiras (como telefone e seguro saúde) para a fatura do seu cartão. Assim você passa a ganhar mais pontos pelo cartão de crédito.

10. Você ainda pode utilizar seus pontos para presentear alguém: com passagens, produtos eletrônicos, livros, etc.

Enviado por : Camila Forato

Nenhum comentário:

Postar um comentário