quinta-feira, 11 de julho de 2013

Nova York: férias de julho levam milhares de turistas às compras na cidade


Os brasileiros movimentam os Estados Unidos durante o ano inteiro e Nova York, claro, figura como um dos destinos mais procurados no país. Prova disso é que de cada 13 estrangeiros que passearam por Manhattan em 2012, um era brasileiro.

Para quem ainda não foi e quer conhecer e para quem já foi e não vê a hora de voltar, as férias de julho são a oportunidade perfeita para respirar o ar nova-iorquino e ainda aproveitar para fazer as famosas e imperdíveis compras.
Nova York é o centro da moda mundial. Não à toa, dita tendências para todos os públicos: do clássico ao fashionista, por aqui o consumismo é capaz de atingir mesmo a mais controlada das pessoas.
E os números comprovam: com ofertas de produtos que custam até um terço do valor no Brasil, 95% das pessoas que visitam os Estados Unidos fazem compras, segundo relatório da comissão de comércio internacional do país, a Usitic, divulgado em 2013.

Das boutiques de grife da 5º Avenue às descoladas lojinhas do East Village, em que se encontram discos e brinquedos vintage, as opções de compras são quase infinitas.

Unanimidade entre o público feminino, as jóias tem endereço certo na cidade, afinal Nova York é o lar da matriz da Tifanny & Co., por onde passam entre cinco a sete mil pessoas por dia. Com mais de 170 anos de história, a Tiffany é referência de moda.

Em suas caixinhas azuis esverdeadas – marca registrada da grife – são vendidos itens que agradam desde as pessoas mais clássicas e tradicionais, até fashionistas em busca de tendências.

Encontrar opções de qualidade em vestuário, sapatos, acessórios, produtos de beleza e outros artigos também é tarefa fácil em Nova York, afinal não faltam lojas de departamento, como as clássicas Macy´s e Bloomingdale´s.

Além destas, há também a Bergdorf Goodman, referência no segmento – localizada em uma elegante mansão de 1928, a atmosfera por aqui é bem sofisticada.

Na loja se encontram os melhores produtos para os públicos feminino, masculino e infantil – tudo, claro, acompanhado de etiquetas almejadas, a exemplo de Oscar de La Renta, Michael Kors, Prada e Christian Louboutin, entre muitos outros.

O público mirim – sempre numeroso na Big Apple – também não resiste a algumas vitrines da cidade. A FAO Schwarz, loja de brinquedos mais antiga dos Estados Unidos, é uma tentação para crianças e adultos.

A incrível seleção de brinquedos vindos do mundo inteiro, atividade interativas, os jogos de tabuleiro, artigos de coleção e produtos de ficção científica transformam uma simples ida às compras em um passeio completo – o que faz da FAO um verdadeiro ponto turístico de Nova York.

Para ter acesso a estas e muitas outras lojas com conforto e rapidez, a dica é se hospedar num dos hotéis da rede Apple Core, localizados nas melhores regiões de Nova York, na Ilha de Manhattan, com fácil acesso aos principais pontos da cidade.

Todos possuem facilidades como café da manhã continental, academia, Business Centers 24 horas, jornais diários de segunda a sexta-feira, Internet wi-fi gratuita e ligações sem custo para qualquer parte dos Estados Unidos.

O The Hotel @ Times Square e o Broadway @ Times Square, por exemplo, ficam a apenas alguns minutos de caminhada do Grand Central Terminal, Rockefeller Center, da Times Square, do Museu de Arte Moderna e das lojas da Quinta Avenida.

Já o nyma, the new york manhattan hotel localiza-se no vibrante bairro de Midtown, entre a 32nd Street e a Quinta Avenida, a poucos passos de distância da gigantesca loja de departamentos Macy’s.

Outra ótima opção é o La Quinta Manhattan, que possui 182 acomodações num prédio de arquitetura em estilo parisiense. 

Para completar a oferta, o Ramada New York/Eastside situa-se no requintado bairro Murray Hill, a poucos minutos do Empire State Building, Madison Square Garden, Grammercy Park e Union Square.


Fonte : Gabriela Rebelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário