quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Canela oferece muitas atrações para os turistas que optarem pela Serra Gaúcha





























O verão chegou e Canela é o destino turístico daqueles que querem curtir esse período com muita diversão e alegria. 

A cidade oferece uma diversidade de passeios para os que optarem pela Serra Gaúcha para viver a temporada de férias.

Visitar as belezas naturais e desvendar os mistérios que envolvem sua imponente geografia é a primeira dica de programação em Canela.

Cascatas, rios, canyons e montanhas servem de cenário e abrigo à fauna e flora variadas e para a prática de esportes de aventura. O roteiro começa pelo Parque do Caracol, cuja maior atração é a exuberante Cascata do Caracol.

Ponto turístico mais visitado do Rio Grande do Sul
e eleita a segunda maravilha do Estado, sua queda livre de 131m forma uma paisagem de rara beleza.

O Parque conta com moderna infraestrutura, mirantes, observatório ecológico com elevador panorâmico, restaurante, área de lazer, lojas de artesanato, passeio temático de trem, trilhas ecológicas e escadaria que conduz à base da Cascata. O Parque está localizado a 7km do centro de Canela, na RS-466.

Próximo ao Parque do Caracol encontra-se outro monumento natural. O Parque Municipal do Pinheiro Groúusso fica às margens da RS-466. O visitante pode observar a araucária que deu nome ao estabelecimento.

Com cerca de 700 anos, o “pinheiro grosso” tem 48 metros de altura. São 2,75 metros de diâmetro e 7,5 metros de circunferência - medidos a 1,2m da raiz.Para fechar um círculo em volta da árvore, são necessárias cerca de 12 pessoas. 




O Parque conta com passarela e deck de observação até o Pinheiro Grosso, bilheteria, administração e sanitários. Para os mais aventureiros, passeios pelas trilhas permitem a observação da fauna e flora local.

Belíssimas paisagens de montanhas e vales, fauna e flora rica e diversificada, arte e tecnologia de ponta. O complexo turístico Parque da Serra reúne tudo isso em um grande empreendimento formado por três estações.

Interligadas por modernos bondinhos aéreos (teleférico) de tecnologia suíça, as Estações Central, Animal e Cascata permitem ao visitante contemplar a bela Cascata do Caracol e a exuberante natureza deste vale por um ângulo privilegiado.

O passeio segue pelo Parque da Ferradura, com trilhas ecológicas de 10 min a 3 horas de duração. Desfrute de seus mirantes espetaculares para o Rio Caí em forma de ferradura e para a cascata do arroio Caçador, em um canyon de 420m de profundidade.


-Um mundo de aventuras:

Para aqueles que querem aliar aventura ao conforto e infraestrutura, em cenários naturais perfeitos há um toque refinado do empreendimento humano, harmonizando a atualidade com a preservação constante da natureza.

Tirolesa, escalada, rafting, quadriciclo e outros esportes de aventura podem ser praticados no Alpen Park, que é também o primeiro parque de trenós do Brasil.

Uma descida de montanha em meio à natureza, a bordo de trenós para até duas pessoas, é uma de suas maiores atrações. Dispõe ainda de lanchonete panorâmica e lojas de souvenires, cinema 4D e a maior montanha russa em aço do Rio Grande do Sul.

Da aventura, parte-se para o turismo rural. As margens da estrada que um dia foi apenas uma trilha cortada por índios, forasteiros e imigrantes, aos poucos vai se avistando um empreendimento surpreendente: o Alambique Flor do Vale, que compreende um moderno alambique para a produção artesanal da cachaça, com visitação à produção, restaurante, empório e um parque de natureza abundante com rio e cachoeiras.

Em uma construção que mistura tradição e modernidade, o amor pela arte de produzir cachaça está em todos os detalhes, desde a produção criteriosa até o cuidado com a preservação do local.

Retornando para a cidade, é hora de conhecer o artesanato canelense.

Em madeira, cipó, tecido, crochê, tricô e utilizando elementos da região, como a especiaria que dá nome à cidade, o visitante encontra peças exclusivas. Não há como não se encantar pela beleza dos artigos e pela riqueza e perfeição dos detalhes feitos à mão.

               
                     

Na praça João Corrêa, no estacionamento da Casa de Pedra e no Centro de Informações Turísticas o visitante encontra peças produzidas pelos artesãos locais, mas há também outras casas do ramo espalhadas pela cidade.


- Excelência na gastronomia e hotelaria:

Canela possui cerca de 60 hotéis e pousadas muito bem preparados para receber o turista. Opções não faltam para quem quer ficar bem instalado. Os hotéis e pousadas possuem calefação para o frio e ar condicionado no verão.

A hospitalidade da comunidade canelense é constante no bom atendimento. No ramo gastronômico, Canela oferece opções para todos os gostos e ocasiões. São restaurantes, cafés coloniais, cantinas, fondues, pizzarias e casas de lanches que encantam os visitantes.

Tudo com muito requinte, aconchego e ótimo atendimento. São 74 restaurantes, bares e similares à disposição.

É impossível falar em gastronomia sem destacar o sabor único dos chocolates da Serra. Com a qualidade que caracteriza sua produção e com o sabor incomparável da fabricação caseira, as infinidades de bombons, ramas, fondues, trufas e especialidades são ótimas opções de presente ou lembrança da cidade.

No quesito bebidas, a melhor cerveja artesanal do sul do Brasil pode ser encontrada na Cervejaria do Farol. A degustação da bebida é um verdadeiro encontro com a cultura da sua fabricação, que utiliza apenas quatro elementos em sua composição: a água, o malte, o lúpulo e a cevada.

Produto fabricado há mais de 240 anos na Alemanha, encontrou em Canela a pureza da água para fabricar uma cerveja com o mais alto grau de qualidade, mantendo o padrão da Lei da Pureza alemã.

Menu principal, tira gosto, petiscos, bebidas variadas, sobremesas e música acústica completam as opções do que se fazer enquanto se degusta a cerveja do Farol.




Fonte : Tábatha Colla

Nenhum comentário:

Postar um comentário