sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Campeonato mundial de surf, no Perú, mostrará o país como paraíso para surfistas


























A Comissão de Promoção do Perú para a Exportação e o Turismo, com o objetivo de mostrar o país como paraíso para os surfistas, apoia o 5º Campeonato Mundial de Longboard ASP (Association of Surfing Professionals) Huanchaco Longboard Pro Perú 2014, que será realizado de 13 a 15 de fevereiro, em Trujillo, no Norte do Perú.

A competição vai reunir cerca de 60 participantes do Brasil, Argentina, Venezuela, Equador, Havaí, Estados Unidos, Reino Unido e França.

O evento será acompanhado por pelo menos 180 mil amantes do esporte nas Américas e Europa. Segundo a ASP, essa é a audiência do programa Perú Surf e dos sites, que transmitirão o campeonato ao vivo desde Huanchaco – histórico balneário nos arredores de Trujillo, um dos berços dos primeiros praticantes do surf.

Ali, os antigos peruanos já “pegavam onda” nos chamados Caballitos de Totora, pequenas embarcações para pesca, utilizadas até hoje, feitas com o talo e as folhas de junco.

Em 2012, somente pelo Aeroporto Internacional Jorge Chávez (Lima), 19.124 visitantes estrangeiros desembarcaram no Perú tendo a prática do surf como principal motivação. Eles eram provenientes dos Estados Unidos, França, Austrália, Brasil, Chile e Argentina.


Paraíso dos surfistas:

O litoral do Perú abriga os destinos mais procurados pelos praticantes de surf.

A região onde surgiu a cultura Mochica se caracteriza por oferecer um clima com poucas variações, o que favorece a prática do esporte durante o ano todo, e por ter as ondas “mais perfeitas” da América do Sul.

Um exemplo é Pico Alto, considerada a onda mais alta da América do Sul, com 10 metros de altura.
Para todos os gostos e níveis, o mar do Perú produz ondas grandes, pequenas, tubulares, curtas, compridas, tornando-o muito atrativo.

Assim, os mais de 60 mil surfistas peruanos dividem suas excepcionais ondas com gente do mundo todo, mas, principalmente, com seus vizinhos, entre eles o Brasil.

Há relatos de que o Perú é o precursor do surf ou, pelo menos, disputa o mesmo espaço com a Polinésia. 

A primeira versão está baseada em peças de cerâmicas pré-incas da cultura Mochica (civilização ancestral que deu origem ao povo peruano), que mostram homens sobre tábuas de madeira, tentando atravessar as ondas da costa peruana.

O Perú também é responsável por inovar na maneira de praticar o surf. Em algumas praias do Norte do país, muitos peruanos ainda realizam o esporte nos Caballitos de Totora.

Além de ser usado para a prática do esporte o instrumento é usado para a pesca. O surf é praticado no Perú o ano todo. No verão e primavera os swells (expressão que determina o tamanho da onda que será formada) são menores, mas bem formados, garantindo um excelente surf em todos os picos.

No outono e inverno entram os grandes swells de sul, fazendo quebrar as maiores ondas do Perú, para a alegria dos praticantes. É nessa época que ondas como a de Chicama quebram com maior frequência.




As melhores praias do Perú para a prática do surf:

- Praia de Chicama:

Localizada no vilarejo de Lambayeque, a aproximadamente 40 minutos de Trujillo, é um verdadeiro paraíso para surfistas, por possuir a onda mais longa do mundo. Por esta razão recebe muitos campeonatos de surf ao longo do ano.

- Cabo Blanco:

Localizada no km 1137 da Panamericana Norte (principal rodovia que liga o Sul ao Norte do Perú), essa é, sem dúvida, um sonho para qualquer surfista.
Considerada a onda mais perfeita do Perú, a praia serviu de inspiração para o escritor norte-americano Ernest Hemingway escrever o romance "O Velho e o Mar".
Existem relatos de que os primeiros esportistas que chegaram as suas águas quentes, na década de 70, descobriram o lugar por que haviam lido o livro. Desde então o local ficou conhecido e hoje é sede de uma das etapas do Campeonato Mundial de Surf.

- Praias de Piura:

Verão o ano inteiro. As praias de Máncora, Colán, Los Órganos, Vichayito e Lobito são muito procuradas pelos surfistas. Nessa região é possível encontrar também lagoas, como Las Huaringas. Na região está localizado o território árido mais extenso do Perú: o deserto de Sechura.

- Herradura:

Considerada por muitos como a melhor onda do Perú central, está localizada a 12 km do centro de Lima.

- Pulpos:

Praia com ondas tubulares localizada na região próxima ao centro de Punta Hermosa.

- Pico Alto:

A maior onda da América Latina, com ondas mais constantes no outono e inverno.

- San Gallan:

O acesso é realizado somente de barco. Possui uma das melhores ondas tubulares do Perú.


- PROMPERÚ:

A Comissão de Promoção do Perú para a Exportação e o Turismo (PROMPERÚ) é um órgão do Ministério de Comércio Exterior e Turismo, cujo trabalho é desenvolver estratégias de posicionamento do turismo, promover as exportações e atrair investimentos externos ao país.


Fonte : Denize Guedes

Nenhum comentário:

Postar um comentário