terça-feira, 18 de março de 2014

Roteiro leva turistas ao “fim do mundo”


                           

Pacote da companhia de navegação parte de Ushuaia, no extremo Sul do continente americano, e inclui visitas ao Cabo Horn e a geleiras.

A companhia de navegação Australis – que oferece cruzeiros de expedição pela Patagônia e Terra do Fogo entre setembro e abril de cada ano, passando pelo Estreito de Magalhães e o mítico Cabo Horn – encerra sua temportada 2013/2014 com um roteiro especial de três noites pelo “Fim do Mundo”, como é conhecida a região do extremo Sul do continente americano. 


O ponto de partida e término é a cidade de Ushuaia, na Argentina.

Com início no dia 8 de abril, a viagem começa com o check in, o embarque e um coquetel de boas vindas já a bordo. 


Neste primeiro dia, o navio zarpa e navega pela Patagônia e a Terra do Fogo, passando pelo Canal de Beagle e o Estreito de Magalhães.

No segundo dia, chega-se ao Cabo Horn, durante séculos a principal rota de navegação entre os oceanos Pacífico e o Atlântico. 


                     

Esquina do continente, com seu paredão quase vertical de 425 metros de altura, é o chamado “fim do mundo”. 

Em dias de condição climática favorável, é permitido o desembarque no Parque Nacional Cabo de Hornos, declarado Reserva da Biosfera pela Unesco, em 2005.

Na volta, no período da tarde, há uma parada na Bahia de Wulaia, o maior dos antigos assentamentos dos nativos canoeiros Yámanas na região e ponto de parada em 1833 do pai da moderna teoria da evolução, Charles Darwin, em sua viagem a bordo do HMS Beagle.

O terceiro dia de viagem começa com a navegação pelo braço Noroeste do Canal Beagle, em direção ao glaciar Pia. 


Em um ponto próximo, os interessados podem desembarcar e caminhar até um mirante, de onde se avista o cordão de montanhas onde se origina o glaciar e toda a sua extensão, até cair no mar. 

A tarde é dedicada ao fiorde Garibaldi e à excursão pela selva fria da Patagônia, com caminhadas pelo interior de um bosque até uma cascata de origem glacial. Ou a visita, no barco, ao glaciar Garibaldi.

Na manhã seguinte, o navio chega a Ushuaia para o desembarque. 



Enviado por : Esli Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário