sexta-feira, 11 de abril de 2014

Caixão de 3.300 anos é encontrado no Vale de Jezreel


                                  



Durante uma escavação recente no Vade Jezreel ao norte de Israel, a Autoridade de Antiguidades descobriu parte de um local de sepultamento datado do fim da Era do Bronze (seculo treze AC) aos pés de Tel Shadud. 

Nesta escavação deu-se uma descoberta rara e única: um caixão cilíndrico de cerâmica com uma tampa em forma humana (antropoidal), cercada por uma variedade de vasos que serviam principalmente para armazenar comida, talheres e ossos; outros eram destinados para diferentes cultos. 

Como era costume, serviriam para dar oferendas aos deuses e também prover os mortos de sustento na outra vida.

O esqueleto de um adulto foi encontrado dentro do caixão de cerâmica e próximos a ele, os vasos, uma adaga de bronze, um pote de bronze e outras peças de bronze trabalhadas. 



Os pesquisadores notaram que até agora apenas alguns caixões com detalhes antropoidais foram encontrados no país.

 Os últimos encontrados estavam em Deir el-Balah, há 50 anos. 

De acordo com os arqueólogos “Uma pessoa qualquer da época não poderia comprar um caixão assim. Claramente este é um membro da elite local”.


Enviado por: Carolina Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário