quinta-feira, 31 de julho de 2014

Desertos coloridos de beleza surreal fazem da Namíbia um destino imperdível


Muitos ainda não conhecem, mas deveriam conhecer. A Namíbia, um país encravado entre Angola e a África do Sul, é um dos lugares mais peculiares do mundo. Carrega no seu histórico guerras e colonizações de portugueses e alemães. 

Mesmo com este passado conturbado, a Namíbia desponta como destino turístico especial, com seus desertos com dunas coloridas e suas reservas com grande variedade de animais africanos. 

Enxergando o potencial turístico da Namíbia, a Freeway criou um roteiro de 14 dias, passando pelas magníficas formações da região, explorando as dunas do famoso Deserto de Namib e conhecendo os grandes e pequenos animais da África do sudoeste em um safári surpreendente.
 
A  viagem  vai levar o viajante para conhecer a fundo a verdadeira Namíbia. O roteiro começa em Windhoek, uma cidade tranquila e aconchegante, com sua arquitetura reveladora da colonização alemã.  

De lá, o grupo seguirá para o sul, rumo ao deserto do Kalahari, considerado o segundo maior deserto da África, e o quinto maior do mundo.
 
Com mais de 900.000 km², estendendendo-se até Botswana e a África do Sul, o deserto de Kalahari é um lugar surreal. Ele encanta todo visitante que o percorre. 

Suas dunas de areia vermelha revestem toda a região, em um contraste marcante com a flora, que apresenta árvores salpicadas pelo relevo, e uma fauna composta por suricatas e hienas.
 
Haverá uma caminhada pelo deserto , guiada por um membro da etnia San, que compartilhará conhecimentos sobre os animais e plantas comestíveis.
 
Após atravessar o deserto de Kalahari, o grupo seguirá para o deserto de Namib, um dos desertos mais antigos do mundo.
 
O grandioso deserto faz parte do Namib-Naukluft National Park, e a sua formação se estende por toda a costa, desde o sul da Namibia ao sudoeste de Angola, sempre banhado pelo Oceano Atlântico. 

Sua beleza peculiar chamou a atenção da UNESCO, que o intitulou “Mar de Areia do Deserto do Namib”, declarando-o como Patrimônio Mundial, por ser um ambiente único com animais endêmicos que se adaptaram a uma variedade de microhabitats.


Na costa haverá um passeio de barco até o Pelican Point, havendo a possibilidade de se avistar baleias, focas, tartarugas, golfinhos e pelicanos
 
A viagem entremeia a percurso através de belas formações geológicas com safaris emocionantes para avistar de perto leões, elefantes, leopardos, guepardos, hienas, girafas, tigres, gazelas, os últimos rinocerontes negros selvagens da África, e animais endêmicos como a zebra da montanha.

Uma visita muito interessante será ao Parque Nacional da Costa do Esqueleto. Além de se poder avistar ver antigos navios encalhados próximo à costa, haverá a chance de se conhecer 17 sítios arqueológicos, com pinturas rupestres feitas pelo povo San, feitas na Idade da Pedra. 
 
O grupo visitará ainda o Parque Nacional Etosha, a primeira reserva natural da Namíbia, e uma das maiores reservas naturais do continente africano. 

Por ser o parque mais antigo, e pela sua preservação ambiental, Etosha atrai grande número de turistas, que vão em busca de uma vida selvagem intacta e uma grande variedade de animais. 

Este parque nacional é a casa de cachorros-selvagens, chacais, gatos-selvagens-africanos, guepardos, hienas-manchadas, javalis, leões, leopardos, raposas, suricatas, búfalos-vermelhos, e mais de 340 espécies de aves.
 

Ao entardecer será feito um passeio à Burnt Mountain para que, ela, com sua coloração única, proporcione uma moldura única para o por do sol. 
 
O grupo ainda visitará o projeto AFRICAT, um  projeto de reabilitação de animais selvagens. 

A organização trabalha com a educação da população e dos turistas para conservar e preservar a fauna nativa. 

Haverá a possibilidade de participar do dia-a-dia dos biólogos, que cuidam de leopardos, guepardos e cachorros do mato.
 

A viagem sai em 15/11 e inclui alguns pernoites em luxuosas tendas em meio às reservas animais.  


Enviado por : Carolina Ferrero

Nenhum comentário:

Postar um comentário