quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Santuário ecológico convida para experiência zen na Chapada dos Veadeiros


Há um antigo provérbio que conta a história de um viajante que percorreu uma longa jornada para chegar até ele mesmo. 

Na imensidão do Planalto Central a sensação é de liberdade e um pequeno grupo experimenta essa mensagem em toda a sua essência.

Entre vales, trilhas e montanhas, a entourage desaparece em meio a 400 hectares de natureza preservada, área equivalente a 507 campos de futebol e que agora forma uma barreira entre esse momento e suas vidas diárias. 



O cenário localizado na cidade de Alto Paraíso, em Goiás, é o Yoga Resort Paraíso dos Pândavas, uma reserva ambiental privada com vista para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. É um paraíso de fato. E para poucos. A fazenda, que oferece hospedagem e promove o passeio, recebe no máximo grupos de 30 pessoas por evento. 

“Não queremos trazer nenhum impacto ao ecossistema”, explica o proprietário Giridhari Das. Cristais surgem do solo, cachoeiras, vida selvagem pulsante e a vegetação única do Cerrado são os atrativos iniciais. 



Trabalhando para a divulgação do bioma do Cerrado, o Yoga Resort Paraíso dos Pândavas tornou-se alvo dos amantes da natureza e adeptos da vida saudável. 



Turismo de experiência

Ar puro, clima tropical acima dos 20 graus, águas cristalinas, incluindo lama terapêutica, poderiam sugerir que se trata de uma variedade de turismo de saúde. 



Por outro lado, seus rochedos, cachoeiras, rios caudalosos e vegetação que propiciam esportes como canoagem e arvorismo, convidam ao turismo de aventura. 

O conhecimento milenar do yoga aponta para o turismo religioso. Mas é na relação íntima com a natureza que o Yoga Resort Paraíso dos Pândavas revela sua inclinação para o ecoturismo, protegendo e fortalecendo a região.

“Nossa intenção é ser uma vitrine para o bioma do Cerrado, voltado a turistas, estudantes e pesquisadores, apresentando a vegetação, fauna, cultura e história ancestral daqui. 


Não fazemos apenas o yoga, temos turismo de primeira linha aqui, oferecendo uma experiência cultural, ecológica e com vivência humana. 



Sabemos que temos algo de muito especial, pois todos que vêm amam a experiência. 

E os retiros são de yoga, não são retiros para religiosos! Yoga é para todos, não tem a ver com religião. Quem chega aqui vê isso de cara”, continua.

Nos dias de hoje em que a vida social é compartilhada por doenças psicológicas e preocupações, comungar com a natureza com tanta intimidade é um privilégio. 




“Essa comunhão permite que você entre em contato consigo”, afirma o professor Das, que trocou a carreira de economista para criar o resort e hoje o administra na companhia da esposa, Carana Renu, uma astrofísica do País de Gales, e do pequeno Bryn Govardhana, de um ano, filho do casal.

“Aqui no Paraíso dos Pândavas, oferecemos o que as pessoas que têm uma vida de escritório agitada realmente querem ou precisam: conhecimento para resolverem seus problemas e um local para esquecê-los por um tempo.” 



Enviado por : Harlley Alvez / Foto : Henrique Ferrera

Um comentário:

  1. Obrigado por compartilhar com o seu leitor.
    Att,
    HARLLEY ALVEZ | http://harl.ly
    Marketing & Assessoria de Imprensa

    ResponderExcluir