quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Destino cheio de mistérios, Ilha de Alcatraz desperta a curiosidade


Antiga base militar e local de uma das prisões mais famosas do mundo, a Ilha de Alcatraz, em São Francisco, Califórnia, é um destino bastante procurado por turistas de todo o mundo. 

O motivo? Os mistérios que cercam a desativada prisão de Alcatraz, chamada de The Rock. Fechada em 21 de Março de 1963, ela abrigou presos famosos como Al Capone, Robert Franklin Stroud, Alvin Karpis e Frank Morris.

"É impossível estar em São Francisco e não visitar Alcatraz. É um destino que todos querem visitar e que causa muito fascínio", comenta Monica Ribeiro, consultora da Parques e Ingressos .

A Ilha de Alcatraz recebe cerca de 1,3 milhão de visitantes todos os anos. Esse fascínio todo se deve, em grande parte, ao desaparecimento de 3 presos, incluindo Frank Morris. 

Por 29 anos, a prisão de Alcatraz nunca registrou oficialmente fugas bem-sucedidas de prisioneiros e era tida como uma das mais seguras do mundo. Quem tentava escapar de lá, acabava morto pelos guardas ou se afogava nas águas da baía de São Francisco.

Porém, em 1962, a um ano de a prisão ser fechada, Frank Morris e mais 2 prisioneiros desapareceram de suas celas – as evidências apontam para afogamento nas águas da baía, mas os corpos nunca foram encontrados. Também nunca houve prova concreta do paradeiro dos três. 

Até hoje, os prisioneiros são listados como desaparecidos pelo governo americano. "Essa história de mistério sempre atrai os turistas, principalmente, aqueles que adoram uma aventura", conta Monica.

A história de desaparecimento em uma prisão de segurança máxima despertou tanto interesse que, em 1979, o cineasta Don Siegel dirigiu o filme Escape from Alcatraz, estrelado por Clint Eastwood.


O tour pela sinistra prisão :


Para os apaixonados por histórias fascinantes, há o tour Alcatraz e All Loops Double Decker  com um ingresso que combina um incrível passeio pela cidade em um ônibus de dois andares e acesso a um barco que leva o turista para um passeio a pé pela The Rock. 

O passeio conta com um guia em áudio para que os turistas possam compreender a história da prisão.

Durante a visita pode-se entrar nas celas e imaginar como os prisioneiros viviam ali, em cubículos apertados, escuros e bem sinistros. 
Toda a história do presídio é contada em 45 minutos. Basta colocar os fones e ir caminhando pelas celas, pelo refeitório, pela biblioteca e ouvindo detalhes sobre cada ambiente. 
Enviado por : Caroll Almeida
   


Nenhum comentário:

Postar um comentário