segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Belo Horizonte: 117 anos de história e cultura para celebrar




Moradores e turistas têm agenda repleta de eventos até 23 de dezembro

A cidade de Belo Horizonte completa 117 anos nesta sexta-feira (12). A comemoração, que iniciou no último dia 6 com o espetáculo Brincando na Vila, no Centro Cultural Vila Fátima, terá extensa agenda sociocultural até o dia 23 de dezembro. 

Feiras para divulgação e venda de produtos artesanais, artigos decorativos e de agricultura familiar, além de festivais musicais com shows de bandas locais e artistas populares estão entre os destaques da programação, que deve atrair também milhares de turistas neste final de ano.

BH, como é carinhosamente chamada, é considerada a cidade latino-americana com maior número de bares e estabelecimentos desta categoria: segundo a Abrasel-MG, há mais de 18,6 mil deles espalhados pela capital, promovendo o melhor “casamento” entre diversão e a rica gastronomia mineira. 

Uma das marcas registradas dos bares mineiros é a inovação, atributo que sustenta a fama das regiões boêmias da cidade. 

É onde se pode beber rótulos Backer, cervejaria premiada com a medalha de ouro na Superior Taste Award, da Bélgica, ou mesmo uma Wals, eleita a melhor cerveja artesanal do ano.

Os amantes da gastronomia mineira podem conhecer ainda o Mercado Central de Belo Horizonte. Inaugurado em 1929, é composto por mais de 400 lojas que oferecem os principais produtos da cultura mineira, desde artesanato aos laticínios, como o queijo e derivados, que são muito populares em todo o país. Uma verdadeira amostra do que há de melhor em Minas Gerais.

São muitos motivos que fazem a cidade crescer na preferência de turistas brasileiros e estrangeiros. De acordo com o Estudo da Demanda Turística Internacional do Ministério do Turismo, 32% dos estrangeiros que visitam a capital mineira o fazem a negócios. 

A pesquisa também mostra que o principal país de origem desses estrangeiros que visitam BH é os Estados Unidos, com 21,8% do total.


Fonte : MTur / Pedro Fideles

Nenhum comentário:

Postar um comentário