quinta-feira, 5 de março de 2015

Conheça mais sobre 4 cidades australianas que estão entre as 10 melhores do mundo


Melbourne, Adelaide, Sydney e Perth. Descubra o que colocou estas cidades da Austrália no Top 10 das melhores do mundo para viver. 
Escolher o lugar ideal para viver envolve uma pesquisa criteriosa que prioriza, na maioria das vezes, a qualidade de vida. Nesse quesito, as cidades de Melbourne (foto), Adelaide, Sydney e Perth, na Austrália, não deixam a desejar.

Entenda agora, porque elas conseguiram as melhores médias, numa escala de 1 a 100, segundo levantamento da Unidade de Inteligência do The Economist, e garantiram vaga entre as 10 melhores do mundo para se morar.

“Há inúmeras razões para viver e construir uma família nessas cidades. Afinal, quando pensamos em educação, segurança, trabalho, finanças, estamos analisando um conjunto de fatores que nos levam a ter as melhores condições de vida e a Austrália reúne todas essas características favoráveis”, afirma MaCson Queiroz, consultor imigratório da MQuality, agência especializada em auxiliar na imigração de brasileiros para o País da Oceania


  • Melbourne (1º Lugar no Ranking)

Nota Geral
Estabilidade
Saúde
Cultura e Meio Ambiente
Educação
Infraestrutura
97,5
95
100
95,1
100
100

Não é à toa que Melbourne está no topo do ranking. A segunda maior cidade da Austrália tem um clima privilegiado e se preocupa com o estilo de vida saudável e ao ar livre. Parques, praças e praias são preservados e limpos. 

Os moradores utilizam bem os espaços públicos e um dos costumes é confraternizar em torno de churrasqueiras gratuitas instaladas nesses locais. Há também bastante incentivo às atividades físicas, como o ciclismo. 

Possuidora de uma vasta rede de ciclovias, é fácil alugar uma bicicleta, numa das estações do Melbourne Bike Share, e sair pedalando pela cidade. A vida cultural também é intensa, com museus, teatros, galerias e eventos anuais. 

“O transporte é um dos melhores do país. Com o sistema integrado, o usuário pode andar de ônibus, de bonde e de trem, utilizando apenas um ticket. 

São aproximadamente 4 milhões e meio de habitantes, mas Melbourne continua a crescer por conta da grande oferta de emprego no setor de serviços e na indústria, recebendo, inclusive, imigrantes de diversas partes do mundo”, complementa MaCson Queiroz.
        
  • Adelaide (5º Lugar no Ranking)

Nota Geral
Estabilidade
Saúde
Cultura e Meio Ambiente
Educação
Infraestrutura
96,6
100
100
89,1
100
96,4

A capital do estado de South Australia foi planejada para ser a capital da província da Coroa Britânica. Referência em educação e segurança, Adelaide tem ainda um cenário artístico vibrante, uma vida noturna animada, além de sediar vários festivais culturais e esportivos, principalmente no verão. 

Sem falar na beleza dos parques que ocupam quase metade da cidade e da arquitetura que exibe o requintado legado europeu. 

Com um projeto de urbanização modelo, a cidade é repleta de jardins e ruas amplas onde o trânsito flui mais facilmente. 

O sistema de transportes é eficiente e confiável. Economicamente mais acessível, este é o destino de muitos estudantes universitários todos os anos. 

“É uma excelente opção para quem procura investir na carreira acadêmica. E não é só isso, há muitas opções para explorar! Por aqui, também se encontram algumas das melhores regiões de vinícolas do país, como Adelaide Hills. 

A cidade tem grandes atrativos em seus arredores, como a Kangaroo Island, a terceira maior ilha da Austrália, e o famoso Outback, com suas paisagens deslumbrantes”, ressalta o consultor imigratório. 

  • Sydney (7º Lugar no Ranking)
Nota Geral
Estabilidade
Saúde
Cultura e Meio Ambiente
Educação
Infraestrutura
96,1
90
100
94,4
100
100

Sydney é a capital de New South Wales e é o principal centro econômico do país. A cidade que sediou os Jogos Olímpicos de Verão, em 2000, se destaca pelo desenvolvimento urbano, com construções modernas e impressionantes, como a famosa Opera House e a Harbour Bridge, possuindo ainda uma infraestrutura invejável. 

Sydney também é referência na preservação ambiental, sendo banhada por 35 praias e repleta de praças e reservas naturais. A sua economia de mercado tem como ponto forte as finanças, a manufatura e o turismo. 

“Os esportes também são bastante incentivados, por aqui. Sydney sedia diversos times de Rugby e da National Rugby League, além do time de futebol australiano da AFL, Sydney Swans. 

Quem vive nesta cidade tem boas oportunidades de conferir de perto torneios e competições nacionais e internacionais todos os anos”, diz MaCson Queiroz.
         
  • Perth (9º Lugar no Ranking)
Nota Geral
Estabilidade
Saúde
Cultura e Meio Ambiente
Educação
Infraestrutura
95,9
95
100
88,7
100
100

Perth é uma das melhores cidades do mundo para estudantes e seu reconhecimento pelos jovens vem crescendo ano a ano. São cinco universidades e escolas com diferentes propósitos. 

Segundo o consultor imigratório, a grande vantagem para os estrangeiros na Austrália é que “com visto de estudante, é possível, na maioria dos casos, trabalhar legalmente até 40 horas a cada quinze dias em período de aulas, e por tempo ilimitado nas férias. Isso facilita a rotina e atrai muita gente”, acrescenta MaCson. 

A cidade também tem um clima que agrada bastante os brasileiros, semelhante ao dos estados do Sul do nosso país. 

Com cerca de 1,8 milhão de habitantes, Perth é banhada pelo Oceano Índico e apresenta paisagens de deserto e de praias que proporcionam aos moradores e visitantes uma experiência única.

Ficou com vontade de morar em uma dessas cidades?



Tire seu visto e mude para a Austrália

Para fazer da Austrália seu novo lar, você precisa tirar o visto. O consultor imigratório recomenda que, antes de tudo, o candidato faça uma avaliação de elegibilidade para saber se está apto para a categoria escolhida. 

O processo de requerimento demanda pesquisa, disciplina e paciência. Para facilitar e acelerar a realização do seu sonho, a ajuda profissional de uma agência especializada é a melhor escolha. 

“Um consultor registrado sabe quais os requerimentos exigidos para o processo de imigração e pode traçar um plano personalizado, de acordo com as particularidades de cada candidato e de acordo com o que regem as leis australianas. É a garantia de que o processo será feito com cuidado e segurança”, certifica o agente da MQuality.
         
Fonte : Tayce Bandeira / Caroll Almeida / Cecilia Loreto Mack

Nenhum comentário:

Postar um comentário