segunda-feira, 13 de abril de 2015

Cuiabá completa 296 anos



A capital do Mato Grosso, Cuiabá, completou 296 anos na quarta-feira (8/4). Para comemorar a data, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso exibiu, até o próximo dia 12, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarrosa, a peça 'Cuiabá dos meus amores', que conta a história da cidade. 

Na quarta-feira (8/4) a apresentação foi voltada apenas para autoridades, imprensa e convidados. 

Na quinta-feira (9/4, o teatro abriu as portas para estudantes. E nos dias 10, 11 e 12, o espetáculo foi aberto ao público a partir das 20h30.


A entrada foram dois litros de leite, que serão doados para uma creche da região. Os ingressos estarão disponíveis até o dia do espetáculo, mas são limitados. Os pontos de troca foram a Casa de Festas e o saguão principal da Assembleia Legislativa. 

Segundo a prefeitura de Cuiabá, foram realizados 39 eventos culturais durante a programação de aniversário, como a entrega dos prêmios do concurso fotográfico “Olhar Cuiabá” e mostras de cinema em diversos bairros.

Situada no Centro Geodésico da América do Sul, Cuiabá é conhecida como o coração do continente. Além disso, a cidade é a porta de entrada para destinos como o Pantanal e o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Entre os atrativos da capital estão ainda o Centro Histórico e os pratos típicos, como o pacu assado.

Um projeto desenvolvido por empresários de Cuiabá foi reconhecido, no ano passado, pelo Ministério do Turismo, como referência para as boas práticas do setor. 

Chamado Tour Regular, o projeto foi montado por uma operadora local para resolver o problema do alto custo final dos pacotes - e permitir a venda de roteiros individuais de curta duração no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães.


Para melhorar as vendas, foi criado um sistema on-line compartilhado com empresas parceiras. O objetivo é identificar e divulgar as boas ideias desenvolvidas por destinos brasileiros, a fim de multiplicar essas iniciativas.


Fonte: MTur / Gustavo Henrique Braga

Nenhum comentário:

Postar um comentário