segunda-feira, 25 de maio de 2015

Wi-fi gratuito lidera preferência dos viajantes como comodidade de hotel



O Wi-fi gratuito ainda é o serviço número um entre os viajantes globais, tanto para viagem por lazer como para estadas de negócios. No entanto, essa preferência está caindo lentamente, de acordo com a mais recente pesquisa feita pela Hoteis.com®, empresa líder em reservas de hospedagem online.

Confira os destaques da pesquisa:

- Conectado gratuitamente:

Wi-fi de cortesia é um dos principais fatores que influencia na escolha de um hotel durante viagens de lazer (30%), em comparação com os 34% do ano de 2013. No Brasil, o item foi preferência de 28% dos participantes.

50% dos participantes afirmaram que Wi-fi gratuito é um item essencial quando se viaja a negócios, uma queda de seis pontos percentuais quando comparada a 2013. Para 47% dos brasileiros respondentes, a conectividade foi um fator importante.

Wi-fi gratuito é a amenidade tecnológica que 60% dos participantes gostariam que se tornasse um padrão nos hotéis para o próximo ano, 6% a menos do que em 2013. No Brasil, o resultado supera a média global, chegando a 72%.



- Comida e bebida :

Café da manhã de cortesia, mais uma vez, foi o segundo item considerado essencial para os viajantes (21%) a lazer e o terceiro para quem viaja a trabalho (12%). A comodidade ficou à frente de itens como proximidade com trânsito em massa, restaurantes e lojas. Entre todas as nacionalidades, os brasileiros foram os mais preocupados com a alimentação (39%), perdendo apenas para os finlandeses (43%).

Os itens mais desejados no café da manhã são: frutas frescas e café/chá (empatados em 16%), carnes e ovos (ambos com 12%), pão/torrada e uma boa seleção de sucos (também com 8%). Frutas também lideram na preferência dos brasileiros (60%), seguido de café/chá (43%) e seleção de sucos naturais (35%).

Nos quartos de hotéis, máquinas de café top de linha ou máquinas de espresso são as comodidades favoritas dos viajantes, com 23%.

33% dos participantes disseram que garrafa de água como cortesia é um agrado simples que gostariam de ter em todos os quartos de hotel. No Brasil, a taxa chegou a 47%.


Café da manhã gratuito é uma das principais cortesias não tecnológicas que os viajantes gostariam que se tornasse padrão em todos os hotéis (27%). Já geladeiras para uso pessoal aparecem em segundo com 15%. Apenas 3% dos participantes disseram não se importar com a refeição, se pagarem menos em sua estadia.

Assim como no resultado global, o café da manhã é unanimidade entre os brasileiros, o que os difere dos demais é que o colchão ergonômico e quarto à prova de som entraram como comodidades que mais gostariam que se tornassem padrão nos hotéis, ambos com 11%.

A comodidade dos sonhos da maioria dos viajantes é ter à disposição uma seleção de chocolates deixados no travesseiro na troca roupa de cama.



- Outros favoritos dos hóspedes: 

Viajantes do mundo todo também apreciam mais do que Wi-fi gratuito e café da manhã:
Estacionamento gratuito ficou como terceiro favorito para aqueles que viajam a lazer (10%).

Controle remoto único com múltiplas funções (TV, iluminação, temperatura) e dock stations para dispositivos inteligentes foram, respectivamente, o segundo e terceiro colocados na preferência dos viajantes quando se trata de comodidades modernas, com 22% e 15%.

Os brasileiros têm a mesma preferência que os demais viajantes, mas na segunda colocação apareceram as máquinas de espresso com 22% e tablets/dispositivos inteligentes para uso pessoal fecham o top 3 com 14%.

Bem atrás do Wi-fi gratuito, os itens tecnológicos que os hóspedes mais desejam que se tornem padrão são estações para carregar gadgets e TVs HD (ambos com 8%) e controle remoto único (7%).

Com relação à experiência de estar hospedado em um hotel, os viajantes elencaram o conforto da cama (30%), o silêncio a noite (15%), banheira/chuveiros sofisticados e limpeza diária do quarto (empatados com 11%) como os favoritos.

36% dos respondentes disseram estar dispostos a pagar mais por quartos com uma vista bonita ou varanda, mas eles não abrem mão do conforto do ar condicionado.



- Perdendo a preferência :

24% dos viajantes globais apontaram minibares como comodidade que não merece tanta atenção e 17% disseram que nem o utilizam. No Brasil, apenas 3% afirmaram que nunca usam o item.

Telefones nos banheiros são os itens menos usados (22%) e telefones sem fio só tiveram 1% dos votos como comodidade simples que os hóspedes querem nos quartos de hotéis.



- Hóspedes de mão leve :

Ao serem questionados se já levaram algum item do hotel, 56% dos brasileiros disseram “nada”. Para a maioria dos países, essa foi a principal resposta. 

Por outro lado, na Argentina, apenas 27% afirmaram que nunca levaram nada, seguidos pela Cingapura e Espanha com 29% e 30%, respectivamente.

O item mais levado é papelaria com 20%, ainda assim apenas 1% dos respondentes afirmaram que é uma amenidade simples que gostariam de ter em quarto de hotéis. 


Chinelos ficaram na segunda colocação (12%) e cartões-chave ficaram em terceiro (10%). Para os brasileiros, livros e revistas são os itens mais interessantes, já que ficaram com a segunda colocação (19%).




Fonte: Michelle Tsukayama




Nenhum comentário:

Postar um comentário