sexta-feira, 31 de julho de 2015

Coaching de Carreira: uma necessidade (e não uma moda)



Hoje vivemos em um país e em um mundo nos quais o índice de insatisfação com o trabalho chega a números assustadores. Parece que um desânimo geral tomou conta. São pesquisas atrás de pesquisas desvendando o que já é possível ver a “olho nu”: o descontentamento geral em relação à profissão e à carreira. 

Um levantamento recente realizado pelo ISMA (International Stress Management Association), orgão sem fins lucrativos e que estuda o stress no ambiente de trabalho, revelou que 80% da população brasileira ativa está infeliz.

Muitos querem mudar de emprego para melhorar a qualidade de vida, alguns desejam crescer na própria empresa e não sabem como fazer isso... E há também os vários que querem ter o próprio negócio e não conseguem ver qual é o caminho certo. Tudo isso sem contar os diversos que já estão se aposentando e não têm a menor ideia do que fazer depois.

Agora veja essa estatística, que é a mais assustadora de todas: cerca de 90% dos trabalhadores no mundo estão infelizes, segundo uma pesquisa do Instituto Gallup.

O que era um bate-papo de corredor ou em bares, com os amigos, se transformou em posts em redes sociais também. Carreira virou um tema expressivo no mundo virtual, segundo análise feita pela Gauge. 

A consultoria especializada em comunicação digital apontou que 12% das citações da palavra “carreira” se referem a questões profissionais dos próprios usuários de mídias sociais.

Entre os que discutem o assunto na rede, 21% procuram dicas para conseguir um emprego. O salário representa 17% e, pessoas indecisas com a profissão, 8%. A busca de informações e soluções para essas e outras questões é cada vez maior.

As bruscas mudanças dos últimos anos nas relações globais, impulsionadas pelo desenvolvimento acelerado da tecnologia e da internet, fizeram surgir várias opções de desenhar uma carreira, escolher uma profissão desejada e de empreender. Nos tornamos seres globais!

Essa modificação acabou criando um leque de opções e desejos por parte da população profissional. Um exemplo: para quem sempre sonhou trabalhar fora do país, nunca ficou tão simples como hoje. Por outro lado, quem sonhava com apenas um chefe, hoje possui mais de três, em diferentes cantos do planeta.

Apesar de o processo de coaching ser praticado há mais de 20 anos, o Coaching de Carreira avançou apenas mais recentemente, com seus experimentos e práticas, principalmente no Brasil. A metodologia, que serve para ajudar pessoas a atingirem seus objetivos na carreira e desenvolverem competências e habilidades específicas profissionalmente, vem se tornando mais popular agora!

E por que está ganhando espaço? Porque as pessoas buscam mais liberdade para o estilo de vida que desejam, e contam com mais opções na hora de escolher suas profissões, desenhar suas carreiras e planejar a vida a médio e longo prazo.

Muitos são os problemas relativos quando o assunto é carreira. Eles começam na escolha de uma profissão - que se inicia dentro do ambiente escolar, mais especificamente no Ensino Médio -, passam pela etapa de desenvolvimento e chegam ao pós-carreira, a aposentadoria.

São várias as fases em que o Coaching de Carreira e um coach especializado no tema podem contribuir:

- Coaching Vocacional (para a escolha profissional)
- Coaching de Carreira para Universitários
- Coaching para busca de emprego
- Coaching para o primeiro emprego
- Coaching para empreendedores
- Coaching para Transição de Carreira
- Coaching para Desenvolvimento de Carreira
- Coaching para Descarrilamento de Carreira
- Coaching para Expatriados
- Coaching para Aposentadoria
- Coaching para Esportistas

Vale lembrar que lidar com a carreira de um ser humano é algo de extrema importância. Um coach de carreira deve estar devidamente habilitado para exercer seu ofício, só assim o processo será um sucesso para todos: coach e coachee.

Sucesso!

Fonte: Maurício Sampaio é coach de carreira, palestrante, escritor e fundador do InstitutoMS de Coaching de Carreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário