segunda-feira, 26 de outubro de 2015

A hora de viajar pelo Brasil


Depois de 10 anos de moeda valorizada, o real inverteu-se. Bom para uns, ruim para outros. No turismo, uma economia sensível ao câmbio, tais mudanças alteram os fluxos turísticos, onde nesse momento o melhor custo x benefício é viajar no ambiente doméstico. Aos que amam viajar para Europa e EUA, pode parecer ruim, mas será mesmo?

O Brasil é um país continental, um mosaico cultural. Somo miscigenados por índios, negros, portugueses e demais europeus de um modo geral. Não bastassem os aspectos culturais, temos a diversidade ambiental, que nenhum país do mundo possui.

Alguém já pensou em viajar em suas origens brasileiras? Alguém já conhece as Missões Jesuíticas Guaranis, os Xingús, os Caiçaras? E o Cerrado com suas árvores tortas e cachoeiras magníficas? E os nossos vinhedos nas Serras do Sul, da Fronteira com o Uruguai, de Santa Catarina, Minas Gerais, no Vale do São Francisco e até nos Pirineus, próximo a Brasília? 

Para quem gosta de caminhar já ousaram a travessia Petrópolis/Teresópolis, a Chapada Diamantina, ou na Serra da Canastra? E os Cânions mais lindos do mundo, no lugar mais frio do Brasil, onde com sorte até se vê neve, na divisa do RS/SC. Mas pode ser também a Serra do Cipó, com uma ida ao Inhotim, uma grande galeria de arte a céu aberto?

Alguém já pensou em ficar mais dias em Sampa, ir aos seus Museus, bares e Tratorias... . Pros que viajam e amam observar a arquitetura, já foram nos Patrimônios da Humanidade do Brasil? Lá temos Brasília, o único patrimônio moderno do mundo, o Pelourinho, o centro histórico de São Luis, Ouro Preto, Cidade de Goyaz. 

E quem gosta de religião, já visitou Aparecida, já passou em Treze Tílias, ou percorreu os caminhos do Padre Cícero? E o Candomblé, o Maracatu, o Bumba Meu Boi, as Cavalhadas entre Cristãos e Mouros em Pirenópolis?

E as águas, quantas águas, lindas e caudalosas águas de Foz, Termais, Minerais, de grutas em Bonito, águas das cachoeiras desse imenso Brasil, por anos viajando e não visitaremos todas.

É a hora do Brasil. É a hora de o Brasil dar-se aos brasileiros. Hora de os brasileiros conhecerem o seu Brasil!


Fonte: Milton Zuanazzi, presidente SBTUR, Engenheiro mecânico, pós-graduado em sociologia e ex-diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)

Nenhum comentário:

Postar um comentário