segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

O que é necessário para ser um bom fotógrafo?


No dia 8 de janeiro, os profissionais da fotografia foram os homenageados. A data nacional é relacionada à chegada do primeiro daguerreotipo – primeiro aparelho fotográfico - ao Brasil. Essa profissão ainda não é regulamentada no país, mas tem uma grande importância histórica, didática, profissional e pessoal.

Sua missão é fundamental na vida de todos e também da história, afinal, são os fotógrafos que registram momentos e criam imagens. Ou seja, eles são capazes de ilustrar desde uma festa de aniversário de uma criança (importante para as famílias e as pessoas), a posse de um novo presidente ou até mesmo guerras - e suas imagens que valem mais do que mil palavras.

Mas, como estudar fotografia nos dias de hoje? A profissional Amanda Costa, que é membra do National Association of Professional Child Photographers (NAPCP), ministra cursos online e workshops sobre o assunto. 


“Me formei em Direito e comecei a trabalhar na área, mas vi que meu perfil era muito diferente daquele das pessoas satisfeitas com sua profissão. O emprego não era ruim, mas ele não era pra mim. Fui ficando cada vez mais triste e desanimada. Até que descobri um curso de fotografia, que comecei nos finais de semana e me encantava”, conta.A fotografia foi tomando conta dela até que Amanda realmente passou a trabalhar tirando fotos. “O que começou sendo um hobby no final de semana, acabou se tornando meu trabalho. E realmente muita gente só vê a fotografia como diversão e algo a mais, não enxerga que pode evoluir dentro dela e se sustentar disso. Eu me especializei na fotografia do estilo - lifestyle - e descobri que,por meio desses registros, poderia contar a história de uma família, retratando o cotidiano do bebê com seus pais, na sua nova casa etc”, diz ela.


De acordo com a especialista, não é somente a fotografia lifestyle que existe. “Existem várias áreas que um fotógrafo pode atuar. Ele pode ser o responsável pela fotografia de um filme, um fotojornalista, que ilustram as notícias, ou mesmo trabalhar com fotografia documental, de publicidade, de natureza, de moda, de guerra, subaquática, panorâmica e muitos outros campos dentro da fotografia”.

- E a câmera do celular?

É claro que a tecnologia trouxe grandes benefícios. Qualquer um com smartphone é capaz de registrar momentos, porém, um olhar mais técnico e registros mais profissionais requerem um estudo mais aprofundado. “Todo mundo fotografa hoje em dia. Muitas pessoas têm contas no Instagram, que é uma rede social apenas de imagens, por exemplo. É muito fácil e acessível, mas uma foto profissional exige mais cuidado e preparo”, alerta Amanda.

Segundo a fotógrafa, os cursos e workshops dão os primeiros passos ao iniciante ao ensinarem como fazer um registro mais profissional. Sua dedicação para fotografar fará muita diferença. 

“Geralmente nesses cursos, são passados os conceitos básicos da fotografia e como saber se aquele equipamento é o melhor possível para suas fotos. Essas informações sobre câmeras, lentes e acessórios são importantes também para que não exista uma frustração ao não conseguir o resultado esperado”, conclui a fotógrafa.


Fonte: Amanda Costa




Nenhum comentário:

Postar um comentário