segunda-feira, 27 de junho de 2016

Destinos na América Latina e Brasil são os mais procurados para julho



Com a crise financeira e a alta do dólar, as opções mais pesquisadas para as férias familiares de julho no exterior migraram da Europa para a América Latina, de acordo com dados do Voopter. O comparador de passagens aéreas apontou que a busca pelas cidades brasileiras também cresceu, incentivadas, entre outras coisas, pelos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

O levantamento observou os destinos mais procurados no Voopter para viagens em julho. Os dados têm como base as pesquisas feitas pelos usuários ao longo dos cinco primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2015.

O resultado mostra que o brasileiro está atrás de destinos que cabem em seu bolso, o que reflete os números recentes divulgados pelo Ipsos.

Segundo a empresa de pesquisas, 66% dos brasileiros pretendem cortar custos com viagens, mas 64% ainda querem passear entre junho e setembro.

Entre os roteiros internacionais, Paris, Londres, Barcelona e Lisboa haviam sido os grandes destaques do ano passado. Já em 2016, o Voopter notou uma diminuição da procura por esses destinos europeus e um aumento de interesse pela América Latina, comoMontevidéu, Cancún, Buenos Aires, Santiago do Chile e Bariloche, os destinos mais procurados no exterior durante este ano. Já Ushuaia, embora não listada entre os mais buscados, teve um crescimento de 500% nas pesquisas.

Muitos turistas decidiram não cruzar fronteiras e curtir as terras tupiniquins. “Devido à desvalorização do real, notamos uma migração do interesse de destinos clássicos na Europa e nos Estados Unidos para destinos mais exclusivos dentro do Brasil, como, por exemplo,Fernando de Noronha”, conta Pettersom Paiva, CEO do Voopter.

“Aparentemente, isso demonstra que esse perfil de consumidor não quer perder a qualidade de suas férias, mas é sensível às oscilações do câmbio'', complementa.

Além do arquipélago paradisíaco, que está entre os destinos nacionais mais procurados, o Rio de Janeiro, devido aos Jogos Olímpicos, também cresceu nas pesquisas. Outras cidades foram Belo Horizonte, talvez pelo sucesso do Instituto de Arte Contemporânea Inhotim,Curitiba e até Brasília, provavelmente por conta da popularização da Chapada dos Veadeiros. O Nordeste ainda aparece com Recife e Salvador, cidades clássicas para quem procura férias litorâneas.


Fonte: Daniel Ramirez

Nenhum comentário:

Postar um comentário