quinta-feira, 16 de junho de 2016

Dia Nacional do Turista: uma oportunidade para refletir sobre o futuro


Esta semana no Brasil comemoramos o Dia do Turista e como sabemos, os agentes de viagens estão sempre empenhados em agradar os seus clientes e em aprimorar o seu negócio, portanto a melhor maneira de fazer isso é se preparar para o futuro. Você já parou para pensar que em 2030 haverá 1 bilhão de novas pessoas no mundo, dos quais 20% vão viajar? 

Todos esses novos viajantes, acompanhados de novas tendências, hábitos e comportamento de compra, irão remodelar o sistema global de viagens e trazer novos desafios para a indústria, que irá tornar-se cada vez mais complexa e interligada. Entender o que esses clientes realmente querem é crucial para sustentar o sucesso do negócio a longo prazo.

Para ajudá-lo a compreender o futuro viajante, a Amadeus elencou as cinco principais tendências do turismo para 2030. Todas elas são baseadas no estudo Future Traveller Tribes 2030: entendendo o viajante do futuro conduzido pela Amadeus Traveler Trend Observatory, em continuidade a estudos realizados em anos anteriores sobre as mudanças no comportamento dos viajantes. 


Este último relatório buscou identificar diferentes segmentos de viajantes que irão construir o futuro das viagens até o final da próxima década, e também mostrar como a tecnologia, os consumidores, as demandas e a sociedade irão culminar em novas atitudes e comportamentos de viagem.

1. Hotéis e companhias aéreas irão oferecer simulações de experiências prévias ao seu serviço por meio da tecnologia de realidade virtual, dando a potenciais clientes a oportunidade de experimentar a viagem antes de comprá-la.

2. Aplicativos móveis com a capacidade de acessar localização e dados off-line, tais como detalhes de pagamento e informações sobre as viagens, virá dominar completamente as compras aéreas até 2030.

3. O uso do tablet lentamente vai ultrapassar o uso do PC. Todos terão sensores de impressão digital, permitindo operações com apenas um toque (one touch transactions). Experiências com tablets serão orientadas por vídeo, proporcionando uma experiência holográfica para ajudar os turistas a sentirem-se inspirados.

4. Robôs de serviços provavelmente irão substituir alguns processos de pré-verificação existentes atualmente, portanto vamos vê-los mais nos aeroportos. Estes robôs terão acesso a dados dos clientes e das companhias aéreas em tempo real e irão fornecer um serviço personalizado.

5. Smartwatches vão se tornar o controle remoto do mundo físico. Eles serão usados ​​para completar tarefas curtas e rápidas, como chamar um táxi ou digitalizar um cartão de embarque.

A Amadeus realiza estudos de mercado todos os anos para acompanhar de perto as tendências do segmento e construir o futuro das viagens em parceria com todos os provedores da cadeia.

Fonte: Isis Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário