segunda-feira, 20 de junho de 2016

Melbourne, a capital cultural da Austrália


Conhecida por ser a capital cultural da Austrália, Melbourne é a perfeita harmonia entre o moderno e o histórico. A cidade figura na lista de cidades com a melhor qualidade de vida do mundo, visitando, facilmente entende o motivo. Listo aqui algumas atividades bacanas para aproveitar ao máximo esta agradável cidade.

- Explorar a Old City:
A própria cidade já é uma atração completa com sua arquitetura, que contrasta o novo com o moderno, identificada na sua principal praça, Federation Square. Lá tem diversas galerias de arte, bares restaurantes, museus.

Federation SquareSentar nas escadarias da praça e ficar olhando o movimento é um programa muito apreciado por australianos e turistas. Em frente à praça está a catedral de Melbourne, St. Paul´s Cathedral. É da Federation Square de onde saem a maioria de passeios e tours guiados. Para os independentes, o grande centro turístico de lá é uma ótima opção para mapas e dicas.


- Visitar o The Block Arcade, centro comercial histórico, inspirado na Galeria Victorio Emanuellle de Milão:

Dentro do Block Arcede está o Hopetown Tea Rooms, uma casa de chá de 1892. A corda para demarcação de fila já mostra que para entrar precisa de paciência, para comer seus saborosos doces e chás deliciosos. Depois da hipnotizantes vitrines, não deixe de reparar nos espelhos ingleses gigantes, que vieram da Inglaterra e foram feitos especialmente para o local.


- Observar as ruas de Street Art de Melbourne:
Quer fazer um roteiro exclusivo pelas ruas que possuem street art em Melbourne? São várias, entre elas AC/DC Lane and Duckboard Placê, Hosier and Rutledge lanes, Centre Placê, Flinders Court, Union Lane, Blender Lane, entre outras. Confira um mapa completo das ruas aqui.


- Albert Park:

Além de ser um agradável parque, é muito interessante passear pela pista de Fórmula 1. Sim, é lá que tem a famosa corrida e é possível acompanhar cada demarcação da largada ao boxes. O Albert Park na verdade é um grande complexo de entretenimento, que ainda possui campo de golfe, pista de corrida, lago com velejadores e é utilizado como locações para diferentes esportes.


- Passear pela Collins Street:

A famosa rua de lojas de grifes e locais atrai muitos visitantes. Aproveite para uma parada na centenária loja de chocolates Haigh´s e fazer uma degustação das suas delícias.


- Queen Victoria Market:
Mercado ideal para uma refeição rápida (e muito econômica) ou para comprar souvenirs. O Queen Victoria Markets possui uma interesssante diversidade de culturas e etnias, com comidas de diversos locais do mundo.

- Eureka Building / Skydeck:
Prédio mais alto de Melbourne, um elevador te leva ao 88o andar em apenas 40 segundos. Não deixe de ver a vista vertiginosa de cima, a partir do chão de vidro, no topo do edifício.

- Melbourne Sealife Aquarium/ Zoo:

Um programa para a criançada, mas não deixa de ser divertido também aos adultos, onde se é possível ver as diferentes espécies locais. A área dos pinguins é um sucesso com a garotada.

                  
- National Gallery:

Entre os museus de Melbourne e opções culturais, que são muitas, a National Gallery é imperdível. Sempre com interessantes exposições itinerantes, em janeiro, quando visitamos, estava com a mostra Wharhol x Weiwei, que fazia um paralelo entre as obras e os dois artistas (Andy Warhol e Ai Weiwei). Casa da obra Weeping Woman, de Picasso, tem obras importantes de Rembrandt, Monet, Modigliani, Bacon, entre outros.



Fonte: Daniela Filomeno / Fotos: Daniela Filomeno e Shutterstock

Nenhum comentário:

Postar um comentário