sexta-feira, 1 de julho de 2016

Aruba ganha prêmio de sustentabilidade


Elogiada por seus esforços inigualáveis no campo da sustentabilidade, Aruba foi a vencedora do World Legacy Awards da National Geographic na categoria “Destino Líder” durante a ITB Berlim, a maior convenção de turismo do mundo. Como vencedora da categoria "Destino Líder", Aruba se destacou perante os avaliadores por suas iniciativas pioneiras para gerar eletricidade ecológica. Em 2012, a ilha fechou parceria com o empreendedor Sir Richard Branson no projeto Carbon War Room, fundado para combater as mudanças climáticas. 

Devido aos recursos naturais provenientes do sol e do vento e ao plano dinâmico elaborado pelo destino e apoiado por diversos parceiros, Aruba está a caminho de se tornar o primeiro país do mundo a deixar de depender de combustíveis fósseis até 2020.



"É uma honra sermos reconhecidos pela National Geographic pela nossa busca incansável da sustentabilidade", disse Oslin B. Sevinger, Ministro da Integração, Infraestrutura e Meio Ambiente de Aruba, que recebeu o prêmio na ITB Berlim. "Ao longo dos últimos anos, temos trabalhado em estreita colaboração com os líderes mais inovadores do mundo neste assunto e estamos orgulhosos de ver a nossa constante evolução e nossos esforços abrindo caminho para outras ilhas do Caribe. Este é apenas o começo", concluiu.

O governo de Aruba está promovendo ativamente o uso de energia renovável através de usinas eólicas, painéis solares no aeroporto, plantas de transformação de lixo em eletricidade, educação das comunidades e um investimento de um bilhão de dólares em atividades relacionadas com o ecoturismo. Uma nova rede de bondes percorre o centro de Oranjestad, a capital de Aruba, e é o primeiro sistema municipal do mundo que usa a tecnologia de célula de hidrogênio como combustível, utilizando bateria carregada através das energias eólica e solar. 




Aruba tem economizado 50 milhões de dólares por ano através de esforços de sustentabilidade. Em 2014, seis ilhas do Caribe se comprometeram a seguir o “Modelo de Aruba”, assinado com o projeto Carbon War Room como parte do Desafio Ilha Renovável, que visa a transição para uma existência sem combustíveis fósseis. O World Legacy Awards foi lançado em 2014 para reconhecer as empresas líderes de viagens e turismo, organizações e destinos que estão transformando o turismo sustentável. 

A organização recebeu mais de 150 inscrições representando 56 países e seis continentes. Os finalistas de cinco categorias foram selecionados por uma equipe internacional de 18 especialistas em viagens sustentáveis que realizaram inspeções minuciosas antes de escolher os vencedores em cada categoria.

A ilha de Aruba:

Com 110 mil habitantes e localizada ao norte da Venezuela, a ilha de Aruba, no Caribe, é conhecida por suas águas claras e areia branca. Oferece infraestrutura completa de lazer, com 28 hotéis e resorts ao longo da costa oeste, spas, cassinos e campos de golfe - sendo um profissional com 18 buracos. 

Além disso, a Ilha Feliz, como é conhecida a região, apresenta gastronomia internacional variada e diferentes opções de compras. Atividades para toda a família estão disponíveis em terra firme, com passeios e visitas pela ilha, e também na água, com mergulho em seu mar cristalino e esportes aquáticos. Sua localização privilegiada mantem o clima a agradáveis 28 ºC quase todo o ano e fora da rota de furacões. Turistas brasileiros não precisam de visto para entrada no país.


Fonte: Natasha Sá Osório

Nenhum comentário:

Postar um comentário