segunda-feira, 11 de julho de 2016

Como as condições climáticas interferem no agronegócio


Quando falamos do agronegócio, é fundamental destacar a importância dos conhecimentos sobre o cultivo e o manejo. Porém, tão importante quanto isso é considerar sempre as previsões climáticas para os próximos meses, isso porque uma avaliação de longo prazo consegue indicar se teremos mais ou menos chuvas em determinadas regiões ou se o frio será mais intenso. Dessa forma, o produtor consegue se preparar para possíveis problemas durante o período de plantio e colheita.

Para entender melhor o clima brasileiro e buscar soluções para o agronegócio, recentemente, a Husqvarna se reuniu com um meteorologista da Climatempo, que falou sobre as previsões para os próximos meses e destacou que neste ano temos a chegada da La Niña. 


O fenômeno provoca o resfriamento anormal das águas do Oceano Pacífico, fator que, no Brasil, promoverá um aumento das chuvas nas regiões Norte e Nordeste, temperaturas mais baixas no Sudeste e no Centro-Oeste, e períodos de seca no Sul.

Com isso, determinados setores do agronegócio vão precisar de uma atenção maior, enquanto que algumas safras serão favorecidas com o fenômeno, como as que estão nos estados que compõem a região Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), que sofreram com a estiagem nos últimos três anos e devem ser favorecidos com o aumento das chuvas.
       
           

Para o produtor rural, enxergar essas mudanças no clima é de grande importância. Hoje, com uma análise mais profunda, é mais fácil planejar o plantio e, se necessário, atrasar ou adiantar a data de início, o que ajuda a evitar prejuízos com as chuvas ou com a seca.

Outro segmento que deve ficar atento a essa questão é o de equipamentos agrícolas. A partir da informação de um fenômeno climático, como a La Niña, as indústrias e revendas conseguem projetar quais equipamentos terão maior procura em determinado período. Isso faz com que as empresas tenham condições de realizar um planejamento mais amplo, minimizando possíveis perdas ou excessos nos estoques, além de garantir que a estratégia de negócios seja mais assertiva.

O agronegócio é uma atividade que está diretamente ligada às condições climáticas e ter conhecimento sobre possíveis fenômenos que proporcionam alterações na temperatura ajuda o produtor rural e as indústrias ligadas ao setor. Certamente, esse é um dos melhores meios de se planejar, evitar prejuízos e manter as previsões positivas de negócios.


Autoria: André Lobo Faro é Diretor Nacional de Vendas e Serviços da Husqvarna

Nenhum comentário:

Postar um comentário