segunda-feira, 18 de julho de 2016

Cultura, religião e enogastronomia são destaques do Centro de Portugal

                                                              Coimbra

O charme do Centro de Portugal conquista cada vez mais brasileiros. Com rico patrimônio cultural, enogastronomia de qualidade e um dos mais espetaculares Santuários Católicos que existem, a região encanta turistas de todo o mundo. 

O Brasil é o terceiro maior mercado estrangeiro em número de pernoites do Centro de Portugal, permanecendo em média 1,6 noite. Os números são encorajadores: esse mercado teve um crescimento de 20% de 2013 para 2014, e de 11% no primeiro semestre de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado.

                                            Coimbra

As aldeias históricas, que parecem saídas de contos de fadas, e a Rota do Patrimônio da UNESCO encantam com toda sua cultura e beleza indiscutível. Coimbra, Viseu e Aveiro, a “Veneza Portuguesa”, são cidades que conseguem ser contemporâneas mantendo uma linda tradição. Os surfistas se aventuram nas ondas gigantes de Nazaré, nas perfeitas tubulares de Peniche e também em Figueira da Foz. Além disso, a Rota dos Glaciares percorre paisagens primorosas na Serra da Estrela, cadeia montanhosa com as maiores altitudes de Portugal.

                                          Aveiro 

Mas essas não são as únicas atrações da região. O turismo religioso ganha espaço em Fátima, um verdadeiro oásis de tranquilidade que reúne pessoas de diversas crenças para recolhimento e momentos de paz interior. A enogastronomia não fica atrás: sabores do mar, doces de ovos espetaculares e vinhos aveludados estão entre as opções imperdíveis dos restaurantes locais.

Esses e outros motivos atraem os turistas brasileiros, que, segundo a Agência Regional de Promoção Turística (ARPT) do Centro de Portugal, são formados e informados, muitas vezes à procura de suas raízes. Além disso, eles costumam viajar em pequenos grupos ou sozinhos. 

                                       Viseu

“Com uma oferta turística extremamente rica e diversificada, o Centro de Portugal mostra perfeitamente o passado de mãos dadas com o futuro”, comenta o Vice-Presidente da ARPT Centro de Portugal, Jorge Almeida. “Queremos ganhar notoriedade junto ao público brasileiro e também entre as operadoras e agentes de viagem, a fim de aumentar a visibilidade de uma terra única”, finaliza.



Fonte: Jessica Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário