terça-feira, 23 de agosto de 2016

Com planejamento financeiro e cartão pré-pago, usuários evitam dívidas após as viagens


Em tempos de crise e oscilação do dólar o cartão pré-pago pode ser um aliado das pessoas que irão viajar, principalmente para o exterior, neste período de férias. Trata-se de uma ferramenta ideal para quem prioriza segurança, conforto e praticidade ao longo da viagem e busca uma melhor gestão dos gastos, principalmente com as irresistíveis liquidações e ofertas encontradas nos shoppings e outlets mundo afora. 

Ele pode ser usado desde o momento da compra da passagem pela internet e em todos os custos relacionados aos momentos de passeio em família ou mesmo no retorno para casa. Agora, os cartões pré-pagos Acesso seguem padrões mais exigentes de segurança e possuem chip, o que facilita o uso no exterior, já que a aceitação deste é mundial.

“No caso de viagens para o exterior, ao contrário dos cartões de viagem ou de crédito onde o dinheiro é convertido para a moeda local na hora da carga ou no fechamento da fatura, no pré-pago ele permanece em reais e a conversão para a moeda local ocorre apenas na hora da compra, o que é muito favorável em um cenário econômico em que o valor da moeda estrangeira muda constantemente. 

Além disso, com o cartão, só é possível gastar o valor que foi carregado, evitando assim os sustos com da chegada da fatura pós viagem”, explica Sergio Kulikovsky, presidente da Acesso, maior empresa independente de cartões pré-pagos do Brasil.Por ser simples e fácil de usar, o cartão pode ser manuseado por pessoas de qualquer faixa etária. 

“Por exemplo, se optam por um cartão pré-pago, os pais que possuem filhos que viajam sozinhos, tem a garantia de segurança completa, já que as crianças não utilizarão dinheiro em espécie para fazer suas compras e eles terão acesso à movimentação financeira de cada cartão pré-pago que emitirem”, completa Kulikovsky. 

O dinheiro fica no cartão, que só poderá ser utilizado mediante uma senha de uso pessoal. Em caso de perda, basta o usuário entrar em contato com a central de atendimento e realizar o bloqueio do cartão - sem perder os valores carregados ainda não gastos -, e solicitar uma segunda via.

- Funcionamento: 

O cartão pré-pago é aceito em mais de 30 milhões de estabelecimentos comerciais em todo mundo como restaurantes, supermercados, postos de gasolina, além de lojas físicas e online. Pode ser comprado no varejo ou internet e não exige análise de crédito. 

Ele funciona como um cartão de compras, permite também saques no Brasil ou exterior e transferências ilimitadas entre cartões. E pode ser recarregado pela internet, por boleto bancário, débito em conta, internet, ou rede de varejistas afiliados.


Fonte: Renata Zioli

Nenhum comentário:

Postar um comentário