segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Pontos imperdíveis para visitar na capital paulista


A agitada cidade de São Paulo vai muito além de ser um grande centro empresarial. Ela guarda história e possui um roteiro de lazer com alternativas para todas as idades e estilos. “O paulistano está começando a perceber que o shopping não é o único destino disponível para o domingo à tarde. A terra da garoa tem grande potencial a ser trabalhado pelo turismo de lazer”, diz Luiz Fernando de Oliveira, professor do curso de Turismo da Anhembi Morumbi, integrante da rede internacional de universidades Laureate. Entre os pontos que o profissional considera imperdíveis estão o Parque do Ibirapuera, Mercado Municipal, Museu do Futebol, Sala São Paulo e a Avenida Paulista. 



“Paulistano nenhum deve deixar de visitar esses lugares pelo menos uma vez”, enfatiza. Ele destaca também a Serra da Cantareira, o Pátio do Colégio, o Museu Catavento, o Teatro Municipal, o bairro da Liberdade, o Instituto Tomie Otake, a Praça Roosevelt e a rua 25 de março.

Para suprir essa demanda, já é possível encontrar opções de ônibus turísticos; roteiros de bicicleta e a pé - que tem incentivado a população a conhecer sua própria cidade. 


Além disso, a liberação de grandes vias aos domingos, como a avenida Paulista, tem criado a possibilidade de apropriação da cidade pelos seus moradores, com várias intervenções culturais – fato que também é espetacular para o turismo.

Roteiro :

- Museu Catavento: comece o dia visitando o museu, um espaço interativo que apresenta a ciência de forma lúdica e instigante para crianças, jovens e adultos. Aberto de terça-feira a domingo, das 9h às 16. (Av Mercúrio, s/n - Pq Dom Pedro II)


- Mercado Municipal: aproveite para almoçar no Mercado Municipal, que fica a poucos metros do Museu Catavento. Lá, você encontra diversos tipos de culinária e ainda pode fazer algumas compras. (R. da Cantareira, 306 – Luz)


- Rua 25 de março: conhecida por seu comércio popular, a rua 25 de março é a próxima parada. Vale a pena comprar itens para casa, artesanato, bijuterias, entre outros. Reserve pelo menos 2 horas para este passeio. 


- Pateo do Collegio: fundado em 1554 pelos Jesuítas, com o intuito de ensinar e catequizar os indígenas, o Pateo do Collegio é referência na preservação da memória histórica das origens da cidade de São Paulo. No local, funciona o Museu Anchieta (Largo Páteo do Colégio, 2 – Centro)


- Teatro Municipal: para conhecer as salas do teatro é preciso ir a algum espetáculo. No entanto, não perca a oportunidade de conhecer a fachada e o saguão do teatro, que é um dos marcos da história da cidade. (Praça Ramos de Azevedo, s/nº)


- Liberdade: finalize o dia com um passeio pelas ruas do bairro da Liberdade, conhecido por concentrar o maior número de imigrantes orientais. Há lojas de produtos importados e restaurantes tradicionais japoneses e chineses. Aproveite para jantar. Aos sábados, há uma feira de artesanato e comidas típicas.


Fonte: Luiz Fernando de Oliviera é mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi; e docente dos cursos de Turismo, Hotelaria e Eventos da mesma instituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário