quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Livro sobre a história da hotelaria recebe prêmio em São Paulo


O livro Hotelaria e Desenvolvimento Urbano em São Paulo – 150 Anos de História –, do consultor Caio Calfat, foi o vencedor na quarta-feira ,31 de agosto, do Prêmio Master Imobiliário na categoria Profissional - Literatura. Em sua 22ª edição, o evento ocorreu no Clube Atlético Monte Líbano, em São Paulo. No ano passado, a obra foi finalista ao Prêmio Jabuti na categoria Economia, Administração, Negócios, Turismo, Hotelaria e Lazer.

Após receber a premiação, Calfat disse que conquistar o Master Imobiliário eterniza o seu objetivo de mostrar às novas gerações a importância dos hotéis como instrumento de estudo da história política, urbanística e econômica da capital paulista.
“Nos últimos 150 anos, São Paulo saiu de uma pequena cidade agrícola para a principal metrópole do país, e os hotéis refletiram esta evolução gradativa em sua arquitetura, serviço ou localização. A obra mostra a importância da preservação da identidade hoteleira paulistana a hoteleiros, turismólogos, arquitetos, urbanistas, historiólogos, professores, estudantes e ao público interessado na história da cidade e dos hotéis abordados.” 

Além da evolução do trade hoteleiro paulistano, Hotelaria e Desenvolvimento Urbano em São Paulo - 150 Anos de História faz um resgate das origens do turismo e de alguns dos principais ícones da hotelaria no mundo, como o The Savoy Hotel, de Londres, e os franceses Intercontinental Carlton, em Cannes, e Hotel Negresco, em Nice. Alguns dos mais importantes hotéis históricos fora do estado de São Paulo também ganharam seu espaço, caso do Grande Hotel Termas de Araxá (MG); do Quitandinha, em Petrópolis (RJ); e do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Imagens históricas ilustram a obra, sendo a maior parte delas oriunda da coleção particular de cartões-postais de hotéis antigos brasileiros reunida há anos por Calfa


- Sobre o Master Imobiliário: 

O Prêmio Master Imobiliário é organizado desde de 1994 pela FiabciBrasil (Federação Internacional Imobiliária) e pelo Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo), entidades representativas da indústria imobiliária brasileira e internacional. O evento visa reconhecer e estimular a excelência profissional no setor, premiando e divulgando, anualmente, o desempenho das empresas e dos profissionais que mais se destacam na missão de aprimorar e modernizar o mercado.

Há duas categorias na premiação: Empreendimentos, com trabalhos 100% concluídos e entregues dos segmentos residenciais, comerciais, industriais e outros; e Profissionais, com trabalhos ou projetos vinculados com a indústria imobiliária nas áreas de marketing, inovação tecnológica, urbanismo, soluções arquitetônicas, meio ambiente e literatura. Participam do prêmio representantes de todas as regiões do Brasil, sendo escolhidos por um júri composto por especialistas da indústria imobiliária e por representantes de entidades vinculadas ao setor, como a ABAP (Associação Brasileira de Agências de Publicidade), ABECIP (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), AsBEA (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura), IAB-SP (Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento de São Paulo), Instituto de Engenharia, SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo), além da Instituição de Ensino FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado). O Secovi-SP e a Fiabci Brasil, como são promotores do evento, não possuem representantes no corpo de jurados.


- Sobre o autor :

Engenheiro civil, atua há mais de 20 anos como consultor no mercado turístico-hoteleiro, atendendo às principais redes de hotéis, construtoras e incorporadoras do Brasil e do mundo. É Vice-presidente de Assuntos Turísticos-Imobiliário do SECOVI-SP e membro do Conselho de Administração da ADIT Brasil (Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil) e do Conselho Consultivo do São Paulo Convention&Visitors Bureau. Professor de Planejamento Hoteleiro do MBA Real Estate da FUPAM/ FAU-USP, da FIA/ FEA-USP e da FAU-Mackenzie. Também é autor do livro “Hotelaria e Desenvolvimento Urbano em São Paulo – 150 Anos de História” – finalista do prêmio Jabuti de literatura em 2015.


Fonte: Eduardo Merli

Nenhum comentário:

Postar um comentário