quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Planeje bons hábitos para 2017. Invista em sua educação financeira.!


Normalmente, as pessoas aproveitam o final do ano para realizar um balanço do que aconteceu durante o período. A partir daí, elaboram uma lista com aquilo que gostariam de fazer diferente no próximo ano. Pensando em ajudar aqueles que querem se organizar para melhorar a sua vida financeira, elaborei uma lista com 17 objetivos para serem alcançados ao longo do ano de 2017.

1º) Elaborar o orçamento familiar com pelo menos 3 meses de antecedência. Assim será possível evitar assumir compromissos além da capacidade financeira.

2º) Analisar, todos os meses, a evolução das despesas e ficar mais atento àquelas que ficaram além do planejado. Além disso, é importante sempre buscar alternativas para diminuir as despesas.

3º) Criar uma reserva financeira. Ela é fundamental para evitar desequilíbrios financeiros em situações imprevisíveis.

4º) Ter uma relação saudável com o cartão de crédito. Bem usado, ele pode ser uma ferramenta importante no controle financeiro.

5º) Planejar e realizar uma viagem. O destino é o menos importante. O mais importante é descobrir que com planejamento é possível conhecer novos destinos e ampliar os horizontes.

6º) Definir objetivos pessoais e familiares para o curto (até um ano), médio (um a cinco anos) e longo prazos (além de cinco anos).

7º) Ler bons livros e assistir bons filmes. A leitura e o cinema são uma importante fonte de inspiração para nossa vida.

8º) Reservar um tempo para estar junto da família e amigos.

9º) Evitar o excesso de consumo. Isso ajudará a manter a sustentabilidade de suas finanças, mas também terá um impacto muito positivo em nosso planeta.

10º) Compartilhar com a família os assuntos financeiros. É importante buscar o engajamento de todos.

11º) Ficar longe de dívidas que possam comprometer o orçamento.

12º) Economizar uma parte dos ganhos mensais para utilizar somente no futuro.

13º) Doar um pouco do tempo e atenção para alguém que precise.

14º) Destinar o 13º salário para a realização de algum sonho e não usar para cobrir os "buracos" gerados pelo desequilíbrio financeiro.

15º) Buscar aumentar a rentabilidade dos investimentos. Quanto maior a rentabilidade, mais rápido será a realização do objetivo ou mais objetivos poderão ser realizados.

16º) Celebrar cada conquista alcançada ao longo do ano.

17º) Buscar informações, periodicamente, que possam contribuir para melhorar a gestão das finanças.


Fonte: Carlos Eduardo Costa - Consultor do site de Educação Financeira do Mercantil do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário