segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Curta o Carnaval sem perder o controle financeiro


Festas, comemorações, blocos de rua... O Carnaval está chegando e muita gente não se programou financeiramente para essa época do ano, correndo o risco de a descontração e eu euforia se transformarem em preocupação nos meses seguintes.

Seja qual for a situação, é sempre necessário estar à frente de sua condição financeira, sabendo exatamente quais são os seus ganhos e gastos, para poder se planejar. No entanto, em períodos como este, as pessoas se empolgam e acabam gastando o que não podem, na intenção de curtir o momento.

Então, se esse for o seu comportamento, é melhor revê-lo e tentar trazer a razão de volta. Para isso, sempre aconselho buscar educar-se financeiramente, pois esse é o caminho para que as finanças não fujam do controle. A maioria da população não teve a oportunidade aprender a lidar com o dinheiro e, por isso, tem esse problema hoje.

Quer uma orientação prática para o Carnaval? Se for em um bloco ou festa e precisar de uma fantasia, veja se não é possível usar a mesma do ano passado. Caso não tenha, pegue emprestado de um amigo ou familiar, ou ainda faça a sua, customizando alguma roupa. O aluguel, geralmente, custa caro e não costuma valer a pena.

Dá para economizar também na bebida, afinal de contas, exagerar no álcool não faz bem nem pra saúde física, nem para a financeira. Se for viajar, faça as contas e veja quanto você pode gastar sem comprometer o orçamento, só então pesquise os melhores os pacotes e condições de pagamento.

Agora está em cima da hora, então, talvez, o melhor a fazer é aproveitar de acordo com que o orçamento mensal permite, sem se endividar, e se programar para realizar aquele grande plano no próximo ano, já se planejando desde agora. Respeitando o padrão de vida, é possível sim se divertir sem cair no descontrole financeiro.


Autoria : Reinaldo Domingos é doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário