sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Fim do Mundo: cinco destinos apocalípticos para inspirar uma viagem


Embora boatos dessem conta de que o mundo chegaria ao fim na quinta-feira (16/02) por causa de um asteroide, a profecia não cumprida deu lugar à inspiração de lugares incríveis, mas que trazem características dignas de fim de mundo. O buscador de preços de passagens aéreas Voopter destaca alguns destinos apocalípticos:

- Ushuaia – Argentina:

Na cartela do turismo, o Fim do Mundo tem nome: Ushuaia, a cidade mais austral do planeta. Capital da província de Tierra del Fuego, na Patagônia Argentina, é de lá que saem expedições para a Antártida e o ponto de partida para navegações pelo Canal de Beagle. Além das paisagens de tirar o fôlego, a "cidade do Fim do Mundo", como é conhecida, também guarda uma excelente infraestrutura turística, gastronomia mundialmente famosa e uma grande variedade de esportes de inverno.



 - Baños – Equador:

Uma das principais atrações da pequena cidade de Baños, localizada aos pés do vulcão ativo Tungurahua, no Equador, é o balanço do fim do mundo. Isso mesmo! O brinquedo, na La Casa del Arbol, fica à beira de um precipício a 2.660 metros de altura. É aberto ao público e tem vista privilegiada para as montanhas e para o famoso vulcão da cidade.


 - Chichén Ixtá - México:

Já que o tema é Fim do Mundo, por que não lembrar do destino onde surgiram as primeiras teorias sobre o dia do juízo final? A fama do México é tão grande que, em 2012, ano da previsão apocalíptica do calendário maia, o setor turístico local aproveitou todo o misticismo acerca da profecia para investir fortemente na promoção de passeios por localidades do “território maia”, como o sítio arqueológico Chichén Ixtá, um dos centros políticos da antiga civilização, localizado a cerca de três horas de Cancún.


- Bunda Cliffs – Austrália:

Não é novidade que a Austrália guarda paisagens de tirar o fôlego, mas as Falésias de Bunda, situadas na Planície de Nullarbor, no sul do país, são um daqueles cenários que fazem a gente se sentir pequeno. Elas se estendem por quase cem quilômetros, formando a maior linha ininterrupta de falésias do mundo e ainda o maior pedaço único de calcário do planeta. Ao longo dos 85 km da rodovia Eyre, é possível encontrar diversos pontos de parada para observar o indescritível penhasco. 


- Vale da Lua - Chapada dos Veadeiros (GO):

Não é preciso sair do Brasil para ter o gostinho de um destino com cara de Fim do Mundo. Um dos atrativos mais visitados da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, o Vale da Lua possui incríveis formações rochosas que remetem às crateras lunares (e enchem o destino de misticismo), além de guardar outros inúmeros atrativos naturais. 



Fonte: Thais Ritli

Nenhum comentário:

Postar um comentário