terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Para sempre Paraty

                     As fachadas coloridas das casas / Tatiana Alarcon 

Não é apenas a capital do Rio de Janeiro que oferece roteiros imperdíveis de sol e praia. O estado guarda tesouros que mostram, além de praias belíssimas, outros grandes atrativos turísticos, como a cidade histórica de Paraty, no litoral sul. A cerca de 250 quilômetros da capital carioca, a rústica e charmosa Paraty é um dos destinos preferidos de turistas brasileiros e estrangeiros. 

Seu centro histórico, que remonta ao período colonial, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan) como Patrimônio Nacional. Lá, veículos não podem transitar. Para conhecer a cidade, apenas de charrete ou a pé. As ruas formadas por pedras irregulares, conhecidas como pé-de-moleque, parecem não intimidar crianças nem idosos, que caminham com naturalidade e admiração pela cidade que respira cultura, artesanato e gastronomia.

                        As fachadas coloridas das casas / Tatiana Alarcon

No passeio pelo centro, os turistas podem observar as fachadas coloridas dos sobrados, além de conhecer a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios e a Igreja do Rosário, a Casa da Cultura e o Museu de Arte Sacra, instalado na Igreja de Santa Rita. As peças – de barro e madeira –, expostas no museu, contam a história de Paraty. Outro atrativo de destaque é o Forte Defensor Perpétuo, de onde se tem uma vista privilegiada da cidade.

A vida noturna de Paraty também vale a pena ser citada. À noite, os bares e restaurantes posicionam suas mesas nas ruas e calçadas para receber os visitantes. A iluminação e a música, muitas vezes ao vivo, completam o clima de requinte e animação. Além do centro histórico, a cidade reúne ainda cachoeiras, ilhas, reservas e belas praias. Uma delas é a Praia do Pontal, de mar tranquilo, próprio para banho e passeios de caiaque.

                                   Praia do Cepilho / Tatiana Alarcon


Pegando a BR-101, sentido sul do estado, está Trindade, um complexo de praias incríveis com águas calmas e cristalinas. O acesso exige paciência, já que a estrada é estreita e cheia de curvas sinuosas. Logo na chegada da via com acesso à carro está a praia do Cepilho, perfeita para surfistas. Quando a maré está baixa, e o mar calmo, famílias tomam contam do espaço.

Um pouco mais à frente, na Praia do Meio, os visitantes podem ir de lancha para as deliciosas piscinas naturais. Para aproveitar o máximo da claridade natural, o melhor horário para ir é entre 11h e 13h. E, para os que não se importam em madrugar, a dica é ver o nascer do sol na Praia do Jabaquara, um cenário inesquecível.



Fonte: MTur / Tatiana Alarcon

Nenhum comentário:

Postar um comentário