quarta-feira, 29 de março de 2017

Outono: conheça as flores especiais para a estação


Época caracterizada por temperaturas mais amenas e um clima aconchegante que antecede o inverno, o outono é a temporada propícia para cultivar diferentes espécies de flores. Por isso, a Giuliana Flores apresenta opções de arranjos para embelezar a estação mais doce do ano, que começou em 20 de março.

- Begônia:

Essas pequenas flores precisam de um clima ameno e agradável (temperatura ideal na média dos 25º C) para crescerem bonitas e saudáveis.


O plantio pode ser tanto em vaso como no jardim, e seu florescimento se dá em cerca de três meses. É preciso regá-las a cada quatro dias, mantendo a terra sempre úmida, mas nunca encharcada. O solo ácido e misto é o mais indicado.

- Margarida:

O outono é ideal para seu plantio porque os raios de sol muito fortes podem queimar as pétalas e folhas. Fáceis de cultivar em casa (em vasos ou jardim) e em diferentes tipos de solos (com exceção dos terrenos úmidos demais), o tempo de germinação varia entre 7 e 21 dias. 


É fundamental adubá-la com compostos orgânicos de forma periódica, além de regá-la sempre que a camada superficial do solo estiver seca.


- Lírio branco:

No preparo do cultivo deve-se usar composto orgânico e areia, e sua regagem deve ser regular, sem atingir as flores. Em dias muito frios, diminua a quantidade de água, já nos mais quentes é permitido borrifar um pouco de água extra sobre toda a planta. 


O outono é a época ideal, já que ela é muito sensível às baixas temperaturas e à incidência de raios solares fortes.


- Rosa:

As rosas preferem o outono, pois é a época do ano mais propícia para o cultivo, cuidado e manutenção. Até a primeira floração, deve-se regar todos os dias com água em temperatura ambiente, passando depois para duas vezes por semana, deixando a terra um pouco seca entre uma rega e outra. 


As roseiras precisam estar localizadas em um local ensolarado e bem arejado, com temperatura entre 25 e 30° C. A primeira poda deve ser feita após um ano do plantio e repetida todos os anos. 

- Gérbera:

Pertencente à família dos girassóis, as gérberas são flores bastante usadas para ornamentar ambientes internos, o que se deve à variedade e intensidade de suas cores. O cultivo deve ser realizado em solo sempre úmido, com areia e compostos orgânicos.


As flores gostam do clima temperado, nem muito quente e nem muito frio, mantidas à meia sombra. Seu florescimento costuma durar dois meses, sendo um pouco menor quando plantadas em vasos.

- Astromélia:

Essa é uma planta que não tolera frio e falta de umidade, por isso é importante manter a terra do vaso ou do canteiro sempre úmida e fértil com adubo orgânico. Ela gosta muito de sol, mas, para que as pétalas não se queimem, é preciso mantê-las à meia sombra. A flor pode alcançar até 25 cm e é aconselhável cultivá-la de forma isolada. 


A folha da astromélia apresenta um comportamento incomum: a ressupinação. Significa que ela tem uma torção na base. Desse modo, o que parece ser a parte de cima da folha é, na verdade, a parte inferior.



Fonte: Giuliana Flores

Nenhum comentário:

Postar um comentário