sexta-feira, 28 de abril de 2017

Museus para conhecer em diferentes partes do mundo


O aspecto cultural de um destino com certeza faz parte de uma boa experiência de viagem. Conhecer a história do local ou suas manifestações artísticas faz com que o viajante consiga realmente mergulhar na atmosfera singular daquela região. Por isso, os museus sempre são uma ótima pedida para incluir em qualquer roteiro, seja de arte, história natural ou outros assuntos inusitados.

- Confira abaixo quatro museus bem interessantes em diferentes partes do mundo:

- Museu Viking de Lofoten, na Noruega:

O museu viking de Lofoten é um dos mais interativos da Noruega. O local realmente transporta o visitante para a era viking com experiências que incluem passeio em navio viking, degustação da gastronomia tradicional, oficina de forja de ferro e reproduções teatrais da vida e dos costumes da época. 


Todos os anos, durante o verão, também acontece um festival viking no local, onde os visitantes podem se vestir com fantasias e celebrar essa cultura com diversas atividades. O museu está aberto durante o ano todo – durante o inverno de quarta à sábado e no verão todos os dias.

- Barbados Concorde Experience, em Barbados:

Na ilha caribenha de Barbados há um museu inteiramente dedicado ao avião Concorde, que voava mais rápido que a velocidade do som. Por muito tempo o avião tinha uma rota regular para a ilha, que iniciou em 1977 ao retornar à Inglaterra com uma passageira muito especial, a rainha. 


Depois que ele foi aposentado, foi criado o museu em Barbados para que os viajantes pudessem ver de perto a máquina supersônica e até mesmo fazer uma simulação de como era decolar e voar no Concorde, além de conhecer seu interior. Várias curiosidades interessantes do avião também estão disponíveis para os visitantes. Ele está localizado próximo ao aeroporto internacional da ilha. 

- Photos Centre de Presse de Monaco:

Nouveau Musée National de Monaco, no Principado de Mônaco

O museu NMNM está dividido em duas locações diferentes no Principado de Mônaco, na Villa Paloma e na Villa Sauber. O local revela a história e herança do país e também disponibiliza criações contemporâneas, promovendo duas exibições temporárias por ano em cada uma de suas casas. Atualmente, na Villa Paloma, há uma exibição do trabalho de Hercule Florence (1804-79), que foi um inventor monegasco-brasileiro. 


Uma de suas invenções foi a Polygraphia, um método de impressão baseado nos princípios da fotografia e, em 1833, criou um processo fotográfico e foi o primeiro a usar a palavra “Photographie“. São mais de 400 trabalhos sendo mostrados, a maioria de seus desenhos e manuscritos, além da primeira cópia fotográfica da história das Américas. A exibição está disponível até 11 de junho de 2017. 

- Seychelles Natural History Museum, em Seychelles:

O museu de história natural de Seychelles tem exibições que ilustram não apenas a flora, fauna e história geológica do arquipélago, mas também esclarecem os visitantes sobre grandes preocupações ambientais com o objetivo de promover ações de conservação do patrimônio natural. 


Há uma grande quantidade de materiais sobre o assunto em diversos formatos. O museu fica localizado na capital do país, Victoria, localizada na ilha de Mahé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário