sexta-feira, 7 de julho de 2017

Faça um detox digital luxuoso nos Alpes suíços


Nem só de suco verde são feitos os bons detox. Na Suíça, o "detox digital" é uma nova proposta para quem quer se desconectar do dia a dia, uma espécie de desligamento do mundo virtual em que se abandona celulares, gadgets, carregadores e, em condições mais extremas, até relógios. 

Mas não se preocupe, você não vai ficar entediado e nem sentir falta das notificações, pois essa experiência é vivida nos Alpes suíços, durante o período de férias que com certeza se tornarão inesquecíveis.

A tendência é um verdadeiro chamado à natureza em meio ao turbilhão da vida moderna. No momento do check-in, é necessário deixar todos os eletrônicos de lado, e os quartos não possuem internet. É a oportunidade perfeita para se afastar das redes sociais e se concentrar no mundo físico, curtindo um bom livro em um dos mais belos cenários do mundo. Afinal, há vida fora da internet.

Conheça alguns desses espaços especializados em receber visitantes que querem se desconectar do agito do mundo moderno na Suíça.

- The Berghof Sertig - Davos

O Berghof Sertig consiste em três construções rústicas. Localizado na tranquilidade do romântico alpe Sertig Valley, esse autêntico chalé se assemelha a uma casa antiga e confortável, e chama atenção por sua riqueza de detalhes. A atmosfera dos Alpes somado ao design interior formam a combinação ideal para os amantes da natureza. Disponibilidade: até cinco pessoas.

- Alpine Mayen 4 vallées - Veysonnaz:

O histórico Mayen está localizado a 1.600 metros de altitude, com acesso somente a pé. A cabana construída em 1904 foi cuidadosamente restaurada para receber hóspedes que procuram a tranquilidade das montanhas, tornando-se um lugar onde a simplicidade e o luxo se complementam junto às paisagens que impressionam principalmente no inverno. Disponibilidade: até quatro pessoas

- Mountain Cabin - Grindelwald - Grindelwald:

Um verdadeiro refúgio montanhês que visto de fora lembra um celeiro tradicional, mas por dentro oferece todo o conforto dos Alpes com o autêntico ambiente de cabana suíça. O local está situado em um campo verde, de onde é possível avistar os picos cobertos de neve e a comunidade de Grindelwald, escondida no vale. Disponibilidade: até duas pessoas:


- Ferienhaus Fanas - Fanas: 

Com 300 anos de história, essa adorável hospedagem foi restaurada em 2010 com seu estilo tradicional. Localizado no centro da vila de Fanas a uma altitude de 900 metros, a cabana foi confortavelmente mobiliada e está cercada por mil metros quadrados de jardins e belas árvores. Apesar de não ser completamente isolado, o local já causa grande impacto por ter apenas 400 habitantes. No verão, as caminhadas pelo vilarejo paradisíaco se transformam em uma verdadeira viagem no tempo. Disponibilidade: até oito pessoas.



- Mayen à Madeleine - Eringer Valley:

Este antigo celeiro foi transformado em um espaço contemporâneo para proporcionar experiências únicas. O local foi pensado para retomar o contato com a natureza com atividades ao ar livre como pesca, escalada, esqui, bike tours, entre outros. Um dos pontos altos é o banho quente na Hot Pot "Jacuzzi", com água aquecida por uma fogueira. Por ser um tipo de banheira mais rústica, é preciso investir um certo tempo para poder aproveitá-la, mas a recompensa com certeza vale a pena. Disponibilidade: até seis pessoas.



A Suíça é conhecida por surpreender os turistas com belas paisagens e experiências exclusivas. Hospedar-se em um desses luxuosos chalés alpinos é a certeza de um contato único com o que há de mais genuíno nesse belo país.


- Sobre a Suíça

A Suíça tem aproximadamente oito milhões de habitantes e é formada por cordilheiras, cadeias de montanhas, rios e lagos. Tanto nas regiões urbanas quanto nas áreas rurais, os destinos suíços exercem um fascínio contagiante sobre os visitantes. O país oferece uma grande diversidade geográfica em uma pequena área. Este ano, o Turismo da Suíça completa 100 anos e tem a história da sua propaganda contada na exposição “Take a Holiday!”, no Museu do Design de Zurique.


Fonte: Luciana Paulino

Nenhum comentário:

Postar um comentário